Plano de treinamento e desenvolvimento de funcionário bem-sucedido

By Lydia Hooper, Feb 26, 2021

treinamento e desenvolvimento

A pandemia fez com que muitas empresas diminuíssem o treinamento e o desenvolvimento de funcionários e procurassem maneiras novas e melhores de envolver os funcionários no aprendizado remoto.

No início de 2020, cerca de metade dos profissionais de aprendizagem e desenvolvimento entrevistados para o Relatório de Aprendizagem no Local de Trabalho 2020 do LinkedIn Learning esperavam investir em aprendizagem online e lançar programas de aperfeiçoamento. Quando o LinkedIn divulgou um relatório de acompanhamento em maio de 2020, eles enfatizaram que a pandemia COVID-19 consolidou a A&D como uma parte estratégica vital das empresas, cultivando a adaptabilidade nas mudanças organizacionais.

Uma comunicação forte em tempos turbulentos pode fazer toda a diferença. Na verdade, no mesmo relatório de 2020, a comunicação foi apontada como uma das três habilidades de trabalho de maior prioridade.

Isso é especialmente verdadeiro para profissionais de aprendizagem e desenvolvimento. Todos os dias, profissionais como você se comunicam através de materiais como planos estratégicos, apresentações e manuais. Você pode estar defendendo o ROI para os executivos, treinando novos funcionários e ajudando os funcionários existentes a melhorar suas habilidades em áreas principais. Quando comunicações como essas são eficazes, os funcionários podem experimentar os muitos benefícios do aprendizado e do desenvolvimento.

Vemos um conjunto diversificado de competências sendo necessárias para profissionais de A&D, seja como colaboradores individuais, consultores, gerentes ou líderes, todos precisam se comunicar bem a fim de contribuir com seu valor total para uma organização; sejam um colaborador ou cliente. Existem muitos exemplos da necessidade de comunicação exemplar para garantir que o valor total do profissional de A&D seja alcançado.” – Neville Pritchard em Training Journal

Índice (clique para avançar)

Defender a importância do plano de treinamento e desenvolvimento dos funcionários

Mudanças rápidas, incluindo a necessidade de adaptação ao trabalho remoto, destacaram a importância do treinamento e do desenvolvimento no local de trabalho. Essas mudanças provavelmente vieram para ficar – apenas 5% dos profissionais acham que o aprendizado e o desenvolvimento voltarão ao que era antes da pandemia.

Mas com orçamentos reduzidos e fadiga das mudanças, há mais necessidade do que nunca para os profissionais de aprendizagem e desenvolvimento continuarem a comunicar o retorno sobre o investimento e a importância de suas contribuições. A Gallup descobriu que as organizações que investem no desenvolvimento dos funcionários não apenas têm duas vezes mais chances de retê-los, mas também relatam lucratividade 11% maior.

Os benefícios bem conhecidos de um plano de treinamento e desenvolvimento de funcionários eficazes incluem:

  • Maior capacidade de adaptação e inovação
  • Aumentos na motivação dos funcionários
  • Maior produtividade e receita da empresa
  • Maior satisfação no trabalho e moral
  • Melhor retenção de funcionários e redução na rotatividade de funcionários
  • Ganhos na gestão de risco
  • Melhor reputação da empresa e recrutamento de funcionários

Obviamente, esses benefícios dependem da eficácia do seu plano de treinamento e desenvolvimento de seus funcionários. Se ele é considerado eficaz depende dos objetivos, tanto aqueles que são importantes para os profissionais de A&D quanto aqueles que são importantes para as pessoas que esses profissionais procuram motivar ou influenciar.

Por exemplo, a avaliação do treinamento do funcionário pode ser baseada no seguinte:

  1. Quais são as atitudes dos alunos em relação ao treinamento que receberam?
  2. Até que ponto eles estão adquirindo conhecimentos e habilidades relevantes?
  3. Eles estão retendo esse conhecimento?
  4. Eles são capazes de aplicar o que estão aprendendo para melhorar seu desempenho no trabalho?
  5. Quais são os resultados e impactos gerais?

treinamento e desenvolvimento


 

Se você está avaliando seu plano de treinamento e desenvolvimento de funcionários, pode considerar um dos seguintes métodos comuns:

  • Use as perguntas acima e retroceda identificando os resultados de negócios desejados, as mudanças de comportamento que seriam necessárias para que isso acontecesse e os objetivos de aprendizagem e o plano que conseguiriam isso (isso é conhecido como o modelo Kirkpatrick).
  • Procure usar dados para medir o retorno sobre o investimento (Metodologia Phillips ROI).
  • Escolha monitorar continuamente e ajustar o programa (o modelo CIPP ou Stufflebeam é bom para isso)

Você também pode pedir aos funcionários que avaliem seus próprios conhecimentos e habilidades para identificar quais treinamentos podem ser mais valiosos. Aqui está um exemplo de um modelo de lista de verificação que você pode criar na Venngage, nossa ferramenta de design simples para negócios. Você também pode usar materiais como este para documentar as mudanças ao longo do tempo.

treinamento e desenvolvimento


 

Independentemente dos métodos usados, a coleta de dados é apenas o começo. Para defender claramente a importância do treinamento e do desenvolvimento, você provavelmente precisará se comunicar com uma variedade de partes interessadas, incluindo colegas de equipe, gerentes, alunos e até mesmo clientes. Além de compartilhar os dados relevantes, você também pode optar por compartilhar coisas como estudos de caso e depoimentos.

Por exemplo, você pode precisar se comunicar com sua equipe sobre projetos e aprendizados, ou com outras equipes da organização sobre oportunidades de treinamento de funcionários. Você pode usar um infográfico para explicar as metas da empresa, as competências e lacunas da equipe e as conclusões dos comentários dos funcionários e, em seguida, adicionar este infográfico a vários relatórios, apresentações e muito mais.

treinamento e desenvolvimento


 

Em todas as situações, você deve se concentrar no que é conhecido como WIIFM, um acrônimo para “What’s In It For Me“, ou algo como “o que eu ganho com isso”, em português. Quando você sabe o que interessa ao seu público, pode explicar melhor como o que você está oferecendo atende às suas necessidades. Embora você possa compreender a importância do treinamento e do desenvolvimento, é melhor assumir que os outros não a compreendem até que você explique claramente por que isso deve ser importante para eles.

As estratégias de treinamento eficazes são visuais

Depois de deixar claro para os executivos os argumentos a favor de um plano de treinamento e desenvolvimento, você precisará desenvolver estratégias para o seu sucesso, que devem levar em consideração não apenas os fatores usuais (recursos disponíveis, necessidades de pessoal, prioridades da empresa, etc.), mas também a sobrecarga de informações, confusão e fadiga que se tornou especialmente comum nos últimos meses.

Além disso, a comunicação que acontece virtualmente apresenta desafios especiais, como barreiras ao acesso, expectativas pouco claras, falta de comunicação informal e falta de pistas sociais que ajudam a minimizar o conflito e estabelecer um nível de confiança necessário para a colaboração.

Para começar a desenvolver estratégias de treinamento bem-sucedidas, considere desde o início como o processo de treinamento e desenvolvimento se desenrolará. Seguir uma estrutura comprovada certamente ajuda.

Os 5 estágios de um processo de treinamento de sucesso:

  1. Avaliar as necessidades e recursos (isso pode incluir os fatores desafiadores listados acima)
  2. Motivar instrutores, alunos e supervisores a participarem
  3. Criar um treinamento apropriado para o público-alvo
  4. Oferece o treinamento para os funcionários usando métodos que levarão a resultados-chave
  5. Avaliar êxitos e áreas de melhoria e relatar descobertas

treinamento e desenvolvimento


 

Lembre-se de que você deve planejar a avaliação desde o início!

Criação de um programa de treinamento de funcionários

Se você estiver criando um plano de treinamento e desenvolvimento de funcionários, seu plano provavelmente terá essa estrutura:

  1. Reconhecer metas e identificar o impacto comercial desejado
  2. Identificar as competências dos funcionários e analisar possíveis lacunas
  3. Entrevistar funcionários para entender melhor suas necessidades e motivações
  4. Considerar diferentes metodologias de treinamento e materiais necessários (consulte as listas abaixo)
  5. Elaborar um plano para avaliar a eficácia e manter os ganhos a longo prazo

Visualizar este plano o ajudará à medida que você continua a consultá-lo ao longo do tempo. Você pode criar um infográfico ou um conjunto de imagens que capturam os objetivos, competências, motivações, métodos e medidas que compõem os elementos de seu plano de treinamento. Mapas mentais visuais, fluxogramas, cronogramas, checklists, gráficos, entre outros, podem ajudar a mantê-lo no caminho certo.

treinamento e desenvolvimento


 

Esses recursos visuais também o ajudarão a compartilhar estratégias com sua equipe e com toda a organização. Você precisa ser capaz de eliminar o ruído e alinhar as pessoas rapidamente, e os recursos visuais são o truque para conseguir isso. Comunicar bem a sua estratégia é a chave – confira algumas dicas!

Claro, você também precisará criar recursos visuais para executar seu plano, especialmente porque cada vez mais o aprendizado está acontecendo remotamente.

A última coisa a considerar em sua estratégia são os tipos de treinamento de funcionários que você pode desenvolver.

Os métodos populares de treinamento de funcionários incluem:

  • Aula de grupo presencial
  • Treinamento computorizado com instrutor
  • Autoaprendizagem online
  • Coaching e/ou mentoria presencial ou virtual
  • Aprendizagem combinada (presencial e online)
  • Microaprendizagem, ou atividades altamente focadas

Você não precisa escolher um único método de treinamento. Os programas de treinamento eficazes têm uma abordagem por níveis, selecionando e escolhendo entre esses métodos para treinar os funcionários no momento certo com o método ideal. Essa abordagem garante que, com o tempo, o desempenho dos funcionários melhore de forma sustentável.

Dito isto, a aprendizagem online frequentemente tem sido a única opção disponível em 2021. A vantagem disso é que os funcionários podem ter uma abordagem mais autodirecionada, aprendendo sob demanda conforme necessário.

treinamento e desenvolvimento


 

 

No entanto, e-learning significa que os profissionais de treinamento precisam encontrar maneiras criativas de manter os funcionários engajados. É por isso que é tão importante usar recursos visuais em suas atividades de desenvolvimento online, como abordaremos na próxima seção.

Como usar recursos visuais para implementar um programa de treinamento de funcionários

Vamos encarar a realidade: o aprendizado está mudando. Claro, há uma necessidade crescente de aperfeiçoamento em tempos de mudanças rápidas, o aprendizado virtual está decolando e a sobrecarga cognitiva se tornou um eufemismo.

Há também mais consciência do papel que o contexto cultural e as diferenças desempenham no local de trabalho, além da sensação de que precisamos estar abertos a novas ideias e inovações para enfrentar os desafios que temos pela frente, apesar do nosso cansaço.

Cada vez mais, a aprendizagem precisa ser multimodal, incorporando técnicas literárias, visuais, auditivas e sinestésicas. Os recursos visuais desempenharão um papel fundamental no compartilhamento de informações de forma clara, rápida e convincente.

Existem vários materiais que você provavelmente já está compartilhando que poderiam funcionar melhor se fossem altamente visuais, como:

treinamento e desenvolvimento


 

Eis o que você deve ter em mente: os recursos visuais melhoram drasticamente a atenção, a compreensão e a lembrança, portanto, quando se trata de treinamento e desenvolvimento de funcionários, eles não são apenas desejáveis, mas essenciais. Se seus treinamentos acontecem online, eles se tornam ainda mais importantes!

Confira uma lista de perguntas que você pode levar em conta ao criar seus materiais visuais:

  1. Quais são as ideias mais importantes para o aluno lembrar? Certifique-se de visualizá-las, seja através de um vídeo, mapa de jornada do cliente, cronograma, calendário, checklist, etc.
  2. Que conceitos são especialmente complexos ou mais difíceis de entender? Para esses, você pode usar diagramas, gráficos, mapas mentais, roteiros de produtos, etc.
  3. Como o aluno pode ser capaz de consultar continuamente os principais recursos visuais, por exemplo, em materiais impressos ou online? Os infográficos são ótimos para isso! Encontre mais algumas ideias aqui.

Se você está procurando inspiração, continue lendo!

7 infográficos para melhorar a eficácia do treinamento de seus funcionários

Dadas as constantes mudanças que ocorrem no local de trabalho, não há dúvida de que você precisará continuar melhorando seus métodos, planos e estratégias de treinamento de funcionários.

Lembre-se de que é fundamental avaliar o seu plano de treinamento e desenvolvimento. Será preciso continuar perguntando aos alunos e a seus supervisores sobre seus comportamentos, avaliar os impactos de sua aprendizagem e explorar novas estratégias e métodos.

Os recursos visuais podem ajudar a manter essas linhas de comunicação abertas. Confira sete exemplos de infográficos que você pode criar para garantir que seu treinamento seja bem-sucedido.

É a primeira vez que você faz um infográfico? Este vídeo explicativo ensina como criar seu primeiro infográfico – mesmo sem experiência em design.

1. Relatórios para executivos e sua equipe de aprendizagem e desenvolvimento

Quando se trata de relatórios, tente se concentrar nos principais pontos de dados e conclusões. Talvez você queira comunicar os resultados de pesquisas com os funcionários, análises de necessidades, custos e benefícios dos programas de treinamento atuais ou resultados do treinamento. Considere o nível de familiarização do seu público com o assunto em questão e inclua mais detalhes somente se eles já tiverem um conhecimento profundo do contexto. Não se esqueça de incluir recomendações, de preferência conectadas às preocupações do seu público, e torne o relatório fácil de compartilhar com outras pessoas.

treinamento e desenvolvimento


 

2. Roteiros de aprendizagem individualizados para motivar os funcionários

Novamente, é melhor mantê-los em um nível elevado, a menos que os detalhes sejam desejados pelo público. Mapeie possíveis caminhos de aprendizagem ou metas individualizadas de forma a ajudar o público a reconhecer seu progresso e as oportunidades que estão por vir. Se houver emblemas ou certificações aplicáveis, certifique-se de referenciá-los, por exemplo, usando ícones visuais.

treinamento e desenvolvimento


 

3. Infográficos para materiais de apoio

Se o seu infográfico fizer referência a algo que precisará ser atualizado com frequência, como um organograma, provavelmente é melhor mantê-lo em um formato digital que possa ser compartilhado de forma digital, como em sites internos ou e-mails. Caso se trate de algo capaz de beneficiar a todos os funcionários, como instruções para determinados procedimentos manuais, convém formatá-lo para impressão e afixá-los em um local específico. Pense sobre os documentos ou informações que as pessoas na organização estão sempre pedindo ou consultando e explore como você pode torná-los mais fáceis de encontrar e usar!

treinamento e desenvolvimento


 

4. Relatórios sobre resultados de desempenho para gerentes

Frequentemente, as informações sobre o desempenho dos funcionários ficam ocultas em seus arquivos. Embora as informações de um indivíduo devam permanecer privadas, pode valer a pena acompanhar e compartilhar os dados agregados sobre uma equipe ou mesmo sobre a empresa como um todo, especialmente se, como um profissional de liderança e desenvolvimento, você deseja apresentar argumentos aos gerentes para que eles invistam e/ou incentivem a participação em seus programas. Destaque as áreas de maior oportunidade e foco por itens de classificação visual e/ou usando cores para dar ênfase.

treinamento e desenvolvimento


 

5. Infográficos que explicam o retorno do investimento para a liderança

Quando se trata de apresentar informações aos líderes, menos costuma ser mais. Experimente para ver se você consegue mostrar seu ponto de vista em apenas um ou dois gráficos. O objetivo é criar recursos visuais que fiquem gravados em suas mentes ao longo do tempo, então use uma paleta de cores simples, rótulos de dados claros e um título que explique a visão que você deseja que eles levem para casa.

treinamento e desenvolvimento


 

6. Materiais de treinamento como apresentações, textos e manuais

Quer seus treinamentos sejam presenciais ou online, a apresentação em si é o momento da verdade, então prepare alguns recursos visuais incríveis que deixem uma impressão duradoura no coração e na mente dos funcionários. Lembre-se de que você deve prestar atenção especial às ideias que são mais importantes para o aluno lembrar e aos conceitos que são especialmente complexos ou mais difíceis de entender. Será que você pode usar uma foto, um gráfico ou um diagrama de processo para demonstrar um ponto? Confira algumas boas regras práticas para apresentações:

  • Esboce o conteúdo para que haja um início (quando você prepara o cenário e explica sobre o que irá falar), meio (apenas com os detalhes necessários para que o público possa processar as informações rapidamente) e fim claros (lembrando-os sucintamente o que lhes foi dito).
  • O ideal é incluir cerca de 10 slides e apresentá-los em cerca de 20 minutos. Isso irá forçar os alunos a identificar o que é mais importante e garantir que isso fique gravado!
  • Os slides devem conter um texto muito limitado (que você não lerá durante a apresentação), por exemplo, no máximo cinco linhas de texto por slide e cinco palavras por linha de texto. Use muitos recursos visuais para apoiar suas mensagens, como infográficos, cronogramas, fotos, gráficos e fluxogramas.

treinamento e desenvolvimento


 

  1. Recursos gráficos para microaprendizagem

Para que o aprendizado rápido funcione, o conteúdo deve ser de fácil acesso e hiperconcentrado em apenas um ou dois objetivos de aprendizagem. Os recursos visuais são essenciais para ajudar os alunos a digerir rapidamente pedaços de informações. Decida sobre as 4-5 lições que você deseja definir ao longo dos 3-10 minutos disponíveis e ignore qualquer informação teórica ou de base. Forneça recursos com instruções usando recursos visuais como fotos, diagramas e ilustrações, que devem ir além de uma aparência “bonita” e transmitir bem o assunto. Idealmente, eles também devem ser compatíveis com dispositivos móveis. Veja alguns exemplos:

treinamento e desenvolvimento



treinamento e desenvolvimento


 

Em resumo: as melhores práticas ao se criar um plano de treinamento e desenvolvimento de funcionários incluem recursos visuais

Se sua empresa está se esforçando no plano de treinamento e desenvolvimento de funcionários, é hora de você se concentrar em seu próprio aprendizado sobre comunicação visual. Afinal, a comunicação é uma das principais habilidades necessárias nas organizações. Nossa postagem sobre como usar a comunicação visual é um ótimo lugar para começar!

A Venngage, nossa ferramenta de design simples, foi criada para que pessoas como você, que desejam se comunicar visualmente com conjuntos de dados simples, possam fazê-lo sem uma formação em design, e sem ter que aprender um software difícil e caro.

Você pode escolher um dos designs acima e usá-lo como modelo para começar a criar seu primeiro infográfico hoje mesmo. Inscrever-se é grátis; bem como muitos dos nossos modelos.


 

About Lydia Hooper

Lydia Hooper é redatora de design de informações da Venngage. Seus conteúdos sobre visualização de dados e design de informação foram publicados pela Data Visualization Society, UX Collective, SAGE Publishing’s MethodSpace e Evergreen Data. Ela passou mais de quatro anos ensinando pessoas de todas as idades como educadora informal. Lydia também projetou e ministrou workshops para dezenas de organizações, incluindo American Institute of Graphic Arts-Colorado e Rocky Mountain Chapters da Association for Talent Development e da Society for Technical Communication.