9 tipos de conteúdo indispensáveis para uma estratégia de marketing de conteúdo de sucesso

By Hubify, Jan 29, 2020

tipos de conteúdo

 

O marketing digital inclui diversas ferramentas e soluções que são usadas no ambiente virtual com o objetivo de alcançar e converter leads. Para colocar a estratégia em prática, existem diversos tipos de conteúdo que podem ser usados pela empresa, de acordo com as características da persona e os objetivos do negócio.

Conforme os resultados divulgados na pesquisa Content Trends 2019, 97,3% das pessoas consomem conteúdo online. Desse modo, investir nesse canal para interagir com o público é essencial para alcançar potenciais clientes e se manter competitivo no mercado.

Neste texto, você vai conhecer 9 tipos de conteúdo que podem ser adotados na sua estratégia de marketing digital:

  • Conteúdo 1: Blog Post
  • Conteúdo 2: Infográfico
  • Conteúdo 3: Case de sucesso
  • Conteúdo 4: Ebook
  • Conteúdo 5: Podcast
  • Conteúdo 6: Vídeo
  • Conteúdo 7: E-mail Marketing
  • Conteúdo 8: Webinar
  • Conteúdo 9: White Paper
  • Boa leitura!

    Conteúdo 1: Blog Post

    A criação de um blog é uma das principais estratégias de marketing digital. Nele, o principal tipo de conteúdo publicado é o blog post, que traz materiais sobre diferentes assuntos que sejam de interesse da persona e que possam ajudá-la na jornada de compra.

    Blog post

    Fonte: Pixabay

    Por meio deles, a empresa consegue criar autoridade no assunto e aumentar o tráfego orgânico do site. No entanto, é preciso ter atenção às boas práticas de SEO para que o site seja encontrado nos buscadores. Alguns cuidados importantes são:

    • incluir informações relevantes;
    • organizar os intertítulos corretamente;
    • focar na escaneabilidade;
    • criar chamadas para ação (CTAs);
    • incluir imagens atraentes.

    Também é preciso saber como criar os conteúdos que estejam de acordo com o estágio do funil de vendas (atração, consideração ou decisão de compra). Apesar de o blog post se encaixar em todas as etapas, os assuntos e a abordagem mudam em cada situação. Exatamente por isso, existem várias ferramentas que podem ser usadas para ajudar na construção do planejamento de blog posts.

    Para consulta de palavra-chave, por exemplo, você pode usar o SEMrush e o Keyword Planner. Se você tem dúvidas sobre as melhores práticas de SEO, plugins como o Yoast SEO. Finalmente, para ter auxílio no planejamento de conteúdos e na definição das estratégias mais adequadas, vale contar com o suporte de uma agência de marketing digital.

    Conteúdo 2: Infográfico

    O infográfico é um dos tipos de conteúdos mais importantes: ele entrega informações ao leitor com uma representação visual, por meio de imagens e gráficos que facilitam o entendimento, e um volume menor de texto quando comparado aos blog posts. Esse modelo pode ser usado para diversos objetivos, como:

    • resumir um post do blog;
    • explicar processos complexos;
    • esclarecer resultados ou dados de pesquisas;
    • mostrar listas;
    • apresentar cronogramas;
    • fazer comparativos;
    • dar uma visão geral sobre um tema.

    infografico

     

    Sem dúvidas, a estratégia é bastante versátil e tem um grande potencial de viralização, pois apresenta um ótimo apelo visual e permite o compartilhamento em redes sociais como Facebook e Instagram. Para facilitar a criação do infográfico você pode contar com ferramentas específicas que ajudam no desenvolvimento do layout e na personalização do design, como a Venngage.

    Conteúdo 3: Case de sucesso

    Uma prática importante para mostrar o valor dos seus produtos ou serviços é apresentar cases de sucesso para o público. Esse tipo de conteúdo é feito com base na experiência de um cliente, explicando quais eram os problemas vivenciados antes de conhecer as soluções da sua empresa e de que forma o seu negócio ajudou a resolvê-los.

    Aqui, é importante apresentar dados, depoimentos, históricos e exemplos que demonstrem os benefícios que o contrato trouxe ao cliente. Por falar diretamente do seu negócio, esse é um conteúdo ideal para o fundo de funil e pode ser apresentado em diversos formatos: blog post, vídeos, podcasts, materiais ricos etc.

    Outra dica é criar uma página no site para compartilhar os estudos de caso da empresa, para que o leitor tenha acesso fácil a essas informações. Muitas vezes, esse conteúdo pode ser decisivo para que uma pessoa interessada efetue a compra.

    Conteúdo 4: Ebook

    O ebook é um livro digital desenvolvido para abordar assuntos mais aprofundados ou densos, geralmente com guias práticos. Por causa disso, é considerado um material rico e deve apresentar informações relevantes e objetivas para que o leitor mantenha o interesse em concluir a leitura.

    ebook

     

    Além do conteúdo, também é necessário investir em uma boa diagramação para deixar o material visualmente agradável. Separe em capítulos, divida em várias páginas e invista nas cores ou imagens para atrair a atenção do leitor. Você pode contar com ferramentas de design para ajudar.

    No marketing digital, é comum que eles sejam fornecidos aos leitores gratuitamente em formato .pdf. Nesse caso, a estratégia é usar o ebook como ferramenta para aquisição de leads: para recebê-lo, o usuário precisa preencher os dados em uma página com formulário (landing page), geralmente nome, e-mail e informações que ajudem a empresa na segmentação de leads.

    Conteúdo 5: Podcast

    No podcast o tema é abordado por áudio e transmitido online, em um formato que poderá ser acessado e baixado pelo usuário a qualquer momento. Funciona como um blog, mas em vez de ler as pessoas escutam as informações, como se fosse em um rádio com conteúdo sob demanda e sem ser ao vivo.

    A empresa grava o podcast e disponibiliza no canal escolhido, de acordo com a frequência desejada — diária, semanal, quinzenal etc. A ideia é definir um tema para cada episódio, conforme os interesses da persona. Além disso, o material pode ser formulado em diferentes formatos, como:

    • bate-papo;
    • entrevista;
    • gravação individual.

    Você precisará de um local adequado para gravar os episódios e de um programa que permita a gravação e a edição dos áudios. Depois, é preciso hospedar o conteúdo e ele será disponibilizado por meio do Feed RSS (Really Simple Syndication), que transmite as atualizações do site aos usuários.

    Como esse formato não usa recursos visuais, é uma ótima alternativa para alcançar o público que não tem tempo de consumir os conteúdos escritos, já que pode ser ouvido enquanto as pessoas fazem outras atividades.

    Conteúdo 6: Vídeo

    O consumo de vídeos está crescendo no marketing digital. De acordo com o a Cisco, até 2020 o tráfego desse formato na Internet somará 82% do total. Ou seja, investir nesse tipo de conteúdo é essencial para quem deseja se destacar e alcançar uma parcela maior do público.

    Unindo recursos visuais e áudio, ele traz as informações de forma rápida e atrativa. Da mesma forma que os podcasts, eles se tornam opção para quem não tem tanto tempo disponível para consumir os conteúdos escritos, então aumenta o alcance da empresa.

    Os vídeos podem ser desenvolvidos com entrevistas, guias ou demonstrações dos produtos e serviços da empresa, usando pessoas ou personagens.

    Conteúdo 7: E-mail marketing

    newsletter

     

    Apesar de algumas pessoas acreditarem que o e-mail perdeu espaço para as redes sociais, pesquisas recentes comprovam o contrário: essa é uma ferramenta de marketing digital fundamental e que aceita vários tipos de conteúdo. Um dos principais é a newsletter, em que o usuário recebe atualizações do blog ou artigos selecionados sobre determinado assunto, a fim de educá-lo durante a jornada de compra.

    Outra opção são os fluxos de nutrição, gerados a partir de uma ação do leitor no blog, como o download de um ebook. Trata-se de uma série de e-mails que entregará conteúdos complementares para acompanhar o usuário em sua jornada de compra. O objetivo é que, ao final, a empresa consiga a conversão do lead.

    Conteúdo 8: White paper

    O white paper é, basicamente, um ebook compacto. Esse material rico deve ser bastante direto e desenvolvido de modo que possa ser lido rapidamente. Como é disponibilizado por meio de landing pages com o fornecimento de dados pelo usuário, é uma estratégia para captação e conversão de leads.

    Em geral, ele é usado no fundo de funil, no momento de decisão de compra do leitor, então deve ter mais profundidade, baseando-se em estudos e informações de especialistas. Para fazer a diagramação, siga as mesmas dicas do ebook, adaptando ao modelo mais compacto exigido pelo white paper.

     

    white paper

     

    Conteúdo 9: Webinar

    Além dos vídeos comuns, a empresa pode apostar no webinar, que é praticamente uma palestra ou uma conversa via Internet. Para isso, é preciso usar uma plataforma de streaming que fará a transmissão, como o Facebook e o YouTube. No futuro, ele pode ser disponibilizado como vídeo para quem perdeu a transmissão ou ser adaptado para outros tipos de conteúdo, como blog posts e ebooks.

    É interessante contar com um especialista sobre o tema escolhido que pode ser da sua empresa ou um parceiro. A vantagem é que os usuários conseguem interagir ao vivo e deixam os dados em uma landing page para ter acesso ao evento. A divulgação pode ser feita no blog da empresa, nas redes sociais e por e-mail marketing.

    Agora que você já conhece os principais tipos de conteúdo que podem ser usados na sua estratégia de marketing, comece a montar o planejamento para garantir os melhores materiais para o seu público.

    Confira os principais pontos abordados!

    Existem diversos tipos de conteúdo que podem ser incluídos na sua estratégia de marketing digital:

    Para definir qual o ideal, é preciso considerar as características do seu negócio e da persona. Além disso, considere contar com o suporte de agências de marketing e de ferramentas específicas para auxiliar no desenvolvimento de materiais de qualidade.

About Hubify

Hubify é uma agência de Marketing Digital focada em entregar performance em todas as frentes em que atua.