Educação financeira para iniciantes: 9 termos que todo empreendedor deve conhecer

By BizCapital, Jun 09, 2021

educacao financeira

Está iniciando a sua jornada empreendedora ou pensa em abrir um negócio, mas não tem ideia de como começar? Calma, a gente te ajuda. Antes de começar a empreender, é fundamental que você entenda os princípios de uma boa gestão financeira – já que ela é essencial para a solidificação e o crescimento da sua empresa no mercado, além de facilitar que as contas do negócio fiquem sempre no azul.

Pensando nisso, desenvolvemos este conteúdo de educação financeira para iniciantes, com o intuito de descomplicar o seu entendimento sobre finanças.

Vamos juntos?

A importância da educação financeira para iniciantes

Primeiro de tudo: planejamento. Isso mesmo! Para todo empreendedor de sucesso, o planejamento financeiro é uma das etapas mais importantes antes de abrir um novo negócio. E é muito comum encontrarmos empresas que são prejudicadas porque não planejam as suas atividades financeiras.

Passar pelo processo de construção de um planejamento financeiro é um exercício valioso para qualquer empreendedor, pois ele ajuda nas tomadas de decisão no dia a dia e em relação ao futuro em médio e longo prazo.

Quando não existe um bom planejamento ou ele é feito de maneira inadequada, acontecem situações que podem colocar a saúde financeira da empresa em risco. Um exemplo disso é quando o empreendedor recorre às finanças pessoais para cobrir alguma eventualidade no negócio ou vice-versa.

Ao decorrer do tempo, é inevitável que todo empreendedor seja desafiado com algumas situações, como obrigações fiscais, alta carga tributária ou crises na economia. Logo, a educação financeira entra como aliada para prever e corrigir problemas antes mesmo que eles prejudiquem os negócios.

Antecipar riscos e pensar estrategicamente em medidas que possam aumentar a lucratividade da sua empresa é fundamental para evitar despesas inesperadas e desperdícios, tornar orçamentos mais proveitosos e eliminar dívidas.

Planejamento financeiro: termos que você precisa conhecer

Existem diversos elementos dentro da gestão financeira. Por isso, reunimos alguns termos que deverão fazer parte do seu vocabulário a partir de agora. Estar familiarizado com cada um deles significa dar mais um passo à frente quando o assunto é empreender.

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa representa todo o movimento de entrada e saída de dinheiro da sua empresa. É ele que registra todas as receitas e despesas que o negócio teve e, para além do registro, das estimativas e projeções de entrada e saída destes recursos.

Ter essa estimativa em mãos possibilita que você se antecipe a eventuais complicações que diminuam o volume de recursos à disposição da sua empresa. Além disso, o controle do fluxo de caixa mensal permite ao empreendedor saber qual o montante de recursos estará disponível para que a empresa arque com os custos de toda a operação, o chamado capital de giro.

Capital de giro para empresas

O capital de giro é o volume de recursos necessários para movimentar as operações da empresa, ou seja, pagar os funcionários e fornecedores, quitar despesas do dia a dia, entre outras responsabilidades. Quase todas as empresas possuem um descasamento entre as datas de pagamento e recebimento e este “vácuo” temporal é preenchido pelo capital de giro.

Você não pode deixar de fechar a venda de um produto ou serviço por não ter estoque suficiente ou por não ter a quantidade de recursos que o seu cliente está demandando. Por esta razão, ter em caixa o mínimo necessário para manter o negócio operando é fundamental.

Você sabia que o empréstimo para empresas pode ser uma boa alternativa para compor seu capital de giro? Principalmente se você planeja expandir o portfólio de produtos ou serviços do seu negócio, repor estoque ou investir em reformas e compra de equipamentos. E o melhor: dá para solicitar crédito PJ sem sair de casa, de maneira fácil, rápida e sem burocracias.

Na BizCapital, por exemplo, é possível fazer o pedido de empréstimo empresarial em apenas quatro passos e a resposta do pedido sai em poucos minutos. Para saber mais, é só acessar aqui.

Margem de lucro

A margem de lucro é um dos principais indicadores para qualquer empresa que deseja ter bons resultados. Lucro é a diferença entre a receita recebida em produtos ou serviços vendidos e os custos e despesas ligados a estes itens. Logo, a margem de lucro é o percentual que você quer obter na operação.

Antes de tudo, é importante que você estabeleça uma margem de lucro saudável para o seu negócio e, a partir disso, criar um divisor para que todos os produtos ou serviços carreguem no seu preço de venda a margem de lucro requerida.

Caso a porcentagem da margem de lucro seja mal calculada, você dificilmente conseguirá atingir um equilíbrio no seu negócio, comprometendo toda a gestão financeira da empresa.

Capital social

O capital social é todo montante bruto necessário para que uma empresa comece a operar e se mantenha até gerar lucro. É a partir do capital social que são feitos os primeiros investimentos no empreendimento, como a compra de mobiliário e equipamentos, locação de espaço, contratação de fornecedores e registro de CNPJ

Leia mais: para que serve o CNPJ e quais são suas vantagens

Mas a sua importância não fica restrita à abertura do negócio. Conforme a organização evolui, o capital social também aumenta, estimulando novas rodadas de investimentos para que a empresa continue crescendo..

Faturamento

O faturamento é a soma dos lucros obtidos pela empresa. Existem dois tipos de faturamento que você precisa ficar de olho: o faturamento bruto e o líquido.

Faturamento bruto é o valor que a empresa recebe pelas vendas de produtos ou prestação de serviços, já o faturamento líquido é o valor do faturamento bruto depois de debitar todo o montante referente aos os impostos e gastos operacionais da empresa.

Conta PJ

É com a conta PJ que a sua empresa começa a ter uma vida financeira. Com ela, os donos de pequenas empresas, autônomos e MEIs conseguem organizar as finanças do negócio com mais facilidade, separando o dinheiro do empreendimento de sua vida financeira pessoal. Pensar no capital pertencente a sua empresa de maneira exclusiva é apenas uma das vantagens desse processo de maturidade empresarial.

Hoje em dia, com as fintechs, você ainda pode escolher pela conta PJ digital, que é a modalidade 100% online da conta PJ tradicional. Na prática, ela funciona de forma bastante parecida com uma conta corrente. A grande diferença é que todas as transações disponíveis na conta, como o pagamento de boletos, transferências bancárias e checagem de saldo, por exemplo, são realizadas através do Internet Banking ou aplicativo da instituição financeira ou fintech.

O único requisito para abrir uma conta PJ online é ter um CNPJ. Geralmente, a abertura da conta é feita diretamente via aplicativo, onde são solicitados alguns dados, que você envia pelo seu próprio smartphone. Depois da abertura, que dura apenas alguns minutos, você já consegue realizar todas as transações disponíveis na conta com tranquilidade, tudo na palma da sua mão.

Leia também: 7 razões para abrir uma conta PJ digital

ROI

ROI é uma sigla proveniente do inglês que significa “retorno sobre investimento”. Ela é uma métrica calculada a partir da relação entre o dinheiro investido em um projeto x o resultado obtido a partir dele.

O ROI é utilizado, principalmente, para avaliar e traçar metas sobre novas iniciativas. Portanto, a partir do resultado dele, será possível avaliar o quanto foi ganho no projeto, se ele precisa ser revisto ou até mesmo cancelado.

Dividendos

Os dividendos são uma parcela do lucro dos seus negócios distribuídos aos acionistas (investidor que compra uma ação da sua empresa) como uma forma de bonificação. Fica a critério de cada empresa definir a periodicidade do pagamento dessa remuneração.

Vale lembrar que as organizações que pagam bons dividendos geram ainda mais valor no mercado e, consequentemente, atraem mais investidores para o seu negócio.

Leia mais: o que é gestão financeira?

E aí, conseguiu entender um pouco mais sobre os elementos de uma boa gestão financeira? A tendência é que esses termos fiquem cada vez mais naturais para você. Se gostou do artigo, compartilhe essa informação com sua rede de contatos e bons negócios para você 🙂

 

About BizCapital

BizCapital é uma fintech brasileira de empréstimo online para micro e pequenas empresas. Precisa de crédito para crescer seu negócio ou uma conta PJ para sua empresa sem custos? Então, pede Biz!