We use essential cookies to make Venngage work. By clicking “Accept All Cookies”, you agree to the storing of cookies on your device to enhance site navigation, analyze site usage, and assist in our marketing efforts.

Manage Cookies

Cookies and similar technologies collect certain information about how you’re using our website. Some of them are essential, and without them you wouldn’t be able to use Venngage. But others are optional, and you get to choose whether we use them or not.

Strictly Necessary Cookies

Always Active

These cookies are always on, as they’re essential for making Venngage work, and making it safe. Without these cookies, services you’ve asked for can’t be provided.

Show cookie providers

  • Venngage
  • Amazon
  • Google Login
  • Intercom

Functionality Cookies

These cookies help us provide enhanced functionality and personalisation, and remember your settings. They may be set by us or by third party providers.

Show cookie providers

  • Venngage
  • Chameleon
  • Intercom
  • Algolia

Performance Cookies

These cookies help us analyze how many people are using Venngage, where they come from and how they're using it. If you opt out of these cookies, we can’t get feedback to make Venngage better for you and all our users.

Show cookie providers

  • Venngage
  • Mixpanel
  • Intercom
  • Google Analytics
  • Hotjar

Targeting Cookies

These cookies are set by our advertising partners to track your activity and show you relevant Venngage ads on other sites as you browse the internet.

Show cookie providers

  • Google Ads
  • Google Tag Manager
  • Facebook
  • Pinterest
  • Produto
  • Soluções
  • Modelos
  • Aprenda
  • Preço

Como visualizar os principais resultados da pesquisa usando infográficos

By Letícia Fonseca, Aug 07, 2023

enquete

Quer saber como apresentar os principais resultados da pesquisa de uma forma que não deixe seu público entediado?

Bem, todos nós sabemos que recursos visuais únicos e criativos, como infográficos, podem tornar tabelas e gráficos mais atraentes. Os dados são mais facilmente traduzidos quando colocados em gráficos. O que torna os resultados da pesquisa e os infográficos um casamento perfeito!

Os infográficos dos principais resultados da pesquisa combinam textos, gráficos e tabelas para adicionar um toque especial aos seus dados. Eles são muito mais interessantes do que números colocados em uma simples folha em branco, e podem ajudar seu público a entender os principais insights da pesquisa.

Então, sem mais delongas, vamos ver tudo o que você precisa saber para fazer um infográfico de resultados de pesquisa e garantir uma apresentação dos seus estudos mais interessante para o leitor.

Primeiro, revisarei alguns tipos diferentes de gráficos de pesquisa que funcionam para apresentar diversos tipos de dados de pesquisa. Em seguida, mostrarei alguns dos mais populares modelos de infográficos de resultados de pesquisas, com algumas dicas de como fazer a apresentação dos seus estudos se destacar.

Como exibir os principais resultados da pesquisa

Vamos falar sobre os tipos de gráfico.

A visualização efetiva das informações do seu estudo significa o uso de diferentes modelos de gráficos. Cada um com o objetivo de apresentar diferentes tipos de resultados da pesquisa (ou seja, binário, escala de classificação, múltipla escolha, escolha única ou resultados demográficos).

Resultados binários

Se as perguntas da sua pesquisa oferecerem duas opções binárias (por exemplo, “sim” e “não”), um gráfico de pizza é a opção mais simples.

O uso de gráficos em formato pizzas para resultados binários é bastante autoexplicativo. Basicamente, basta usar uma fatia de pizza para destacar a proporção de respostas “Sim” em comparação com as respostas “Não”. Para as respostas “Sim”, use uma cor mais vibrante e saturada, e inicie o segmento às 12 horas no gráfico de pizza:ç

Se você quiser comparar as taxas de resposta de vários grupos, você pode usar o método de gráfico de barras. Várias barras alinhadas são muito mais fáceis de comparar do que vários gráficos de pizza. Não se esqueça de rotular cada barra com sua porcentagem para maior clareza:

Para uma alternativa mais divertida e menos densa em informações, você pode dividir as barras para criar uma espécie de gráfico de barras 100%. Isso libera algum espaço para adicionar textos de rótulos melhores para as respostas “Sim” e “Não”.

Você também pode optar por esquecer as notas extras e deixar os dados falarem por si. Neste caso, use um gráfico de barras padrão 100% empilhado, codificado por cores para contrastar as diferentes respostas e classificar cada sessão do seu trabalho. A utilização desse método pode ajudar a facilitar a leitura dos seus dados.

Resultados da escala de avaliação

Em uma entrevistas de escala de classificação, as pessoas recebem um espectro de respostas possíveis e são solicitadas a apresentar o seu ponto de vista selecionando uma das respostas possíveis.

Esse método de coleta de dados costuma ser bem comum em pesquisas de satisfação do cliente, e é usado para entender o sentimento do público sobre um produto ou serviço. Ele também é popular em pesquisas pós-evento, para se ter uma análise do quanto as pessoas gostaram do evento. 

Mais comumente, ele é apresentado em uma das duas formas: a escala Likert (“Discordo totalmente”, “Discordo”, neutro, “Concordo” e “Concordo totalmente”) ou o Net Promoter Score (NPS, variando de 0 a 10). O NPS é um dos métodos mais usados para avaliar a disposição de um cliente em recomendar um produto ou serviço a outras pessoas.

O gráfico de barras empilhadas é a opção mais simples para visualizar dados de pesquisa de perguntas de escala de classificação. Esse é um material rápido de fazer e apresenta a proporção de respostas em cada categoria com bastante clareza.

Fonte

Com qualquer uma dessas escalas, é útil resumir os resultados em categorias mais relevantes. Por exemplo, pegue as escalas Likert e NPS de cinco e dez pontos e resuma-as em escalas mais simples de três pontos (“discordo”, “neutro” e “concordo” ou “positivo”, “neutro” e “negativo”).

Fonte

Apresentar os resultados da pesquisa em categorias simplificadas ajuda a facilitar, e muito, a leitura do gráfico.

Resultados demográficos

Se a sua pesquisa tem o objetivo de reunir informações sobre os dados demográficos dos entrevistados, além de coletar outras informações, convém usar esses dados como parte de sua análise. Incluir fatores como idade, gênero, nível de renda e até localização geográfica pode criar um infográfico interessante.

Visualizar dados de pesquisa em um mapa é uma maneira divertida de incluir um componente demográfico em seu infográfico. Um mapa coroplético, como você vê abaixo, pode ser usado para mostrar a distribuição de alguns dados por localização geográfica. Diferentes valores são representados por diferentes tonalidades de uma determinada cor, portanto nenhuma leitura é necessária:

Os histogramas, por outro lado, podem ser usados para mostrar as diferenças na distribuição etária de uma determinada população. Eles também podem incorporar facilmente dados sobre gênero ou outras seções da pesquisa:

Embora esses gráficos de pesquisa especializados sejam ótimos para dados mais complexos, eles nem sempre serão necessários. A menos que você esteja coletando dados para um artigo científico ou TCC, considere o uso de um gráfico de ícones se quiser tornar sua apresentação mais criativa. Eles são uma maneira divertida de adicionar mais impacto aos resultados dos seus estudos.

Comentários abertos

Questionários abertos (perguntas que exigem que os participantes de uma pesquisa escrevam suas próprias respostas, em vez de selecionar uma resposta predefinida) apresentam um pouco mais de desafio. E, para visualizar os resultados e discussão levantada, as respostas precisam ser agrupadas de alguma forma. Seja através de palavras-chave comuns, sentimentos ou algum outro fator.

As nuvens de palavras, embora desaprovadas por alguns especialistas em visualização de dados, podem ser uma maneira rápida de obter um resumo desse tipo de dados qualitativos.

Esse método de apresentação de estudos é ótimo para o público que não tem experiência com tabelas com muitos dados ou análises estatísticas e é bem fácil de criar. Basta escolher as palavras-chave usadas com mais frequência nos comentários e conectá-las ao nosso gerador de nuvem de palavras.

Você também pode optar em fazer uma análise qualitativa manual mais intensiva. Nesse caso, o pesquisador precisará avaliar as respostas abertas individualmente e criar categorias para agrupar cada tópico da discussão.

Depois de quantificar suas respostas, você poderá apresentar os resultados em um gráfico de barras como este, que mostra a porcentagem de comentários que se enquadram em cada categoria.

Resultados de múltipla escolha

As perguntas de múltipla escolha permitem que os participantes de uma pesquisa selecionem uma ou mais opções em uma lista de respostas possíveis.

O melhor visual para esse tipo de pesquisa é um gráfico de barras simples.

E lembre-se: para não comprometer a qualidade do resultado de seu estudo de múltiplas escolhas, você precisará calcular a porcentagem de pessoas que escolheram cada resposta, como é possível ver neste exemplo de gráfico do CoSchedule:

Como sempre, as barras devem ser classificadas da maior para a menor.

Já os gráficos de pizza são uma boa opção para a apresentação de resultados de pesquisas em que os participantes podem selecionar apenas uma única resposta. Tenha em mente, porém, que eles não são ideais se você tiver muitos dados. Se você tiver diferentes informações ou etapas para mostrar, tente dar a cada uma seu próprio gráfico:

Tipos de infográficos de resultados de pesquisas

Agora que abordamos os melhores tipos de gráfico para cada tipo de resultado de pesquisa, vamos ver como podemos combinar gráficos de pesquisa para criar um infográfico completo.

Um infográfico de resultados de pesquisa deve usar uma combinação de gráficos, elementos gráficos e textos para garantir a melhor descrição dos dados a serem apresentados.

Infográficos de resumo de coluna única

O tipo mais popular de infográfico de resultados de pesquisa é o infográfico de resumo de coluna única. Seu objetivo é resumir todas as principais conclusões de uma pesquisa, declarando explicitamente os insights mais importantes.

Ele pode mostrar os resultados de todas as perguntas do estudo de maneira simples, usando um número grande em destaque ou um gráfico básico para cada pergunta:

Você também pode optar em apresentar uma visão geral abrangente dos dados, com um gráfico mais detalhado para cada pergunta da pesquisa:

Você também pode adicionar alguns comentários extras após cada pergunta do seu trabalho.

De qualquer forma, esse modelo apresenta as perguntas sequencialmente, em uma única coluna, para que o leitor possa acessar cada informação com mais facilidade.

Para fazer seu próprio infográfico de resumo de coluna única, faça a introdução com a primeira pergunta e vá descendo até cobrir cada uma das principais questões do seu trabalho. Informe cada pergunta, adicione os resultados na forma de um gráfico e ponha notas em textos sobre qualquer aprendizado de relevância.

Para adicionar mais organização visual a um infográfico de coluna única, use diferentes cores de fundo para criar distinções entre as seções. Adicione blocos coloridos atrás de cada pergunta para dividir o conteúdo.

Como você pode ver na pesquisa da Netflix acima, alternar as cores de fundo vermelho e preto adiciona uma agradável sensação de ritmo e torna o infográfico mais fácil de ser acompanhado pelo leitor.

Infográficos de resumo em tamanho carta

Se sua pesquisa tiver poucas perguntas, um grande infográfico de uma coluna provavelmente é um exagero. Nesse caso, talvez seja melhor você preparar seu material no formato de página básica de 8,5″ x 11″, e focar na descrição dos resultados usando os números.

Esqueça incluir muito texto, como comentários e anotações. Basta formular cada pergunta nos termos mais simples possíveis (ou seja, “Onde os usuários estão localizados”) e usar gráficos de pesquisa simples para resumir os resultados.

Certifique-se de organizar os gráficos com base em uma grade subjacente, ou você pode acabar com um grande problema nas mãos.

Você pode até mesmo esquecer completamente os gráficos e apresentar as principais conclusões da forma mais simples possível. Use números grandes e em destaque para fazer uma declaração:

Infográficos de recursos em tamanho carta

A última opção para apresentar os resultados da pesquisa é o infográfico de recursos de uma página. Não poderia ser mais simples. Ele divide os resultados de uma única pergunta da pesquisa, em um único gráfico, em uma única página.

Gostamos de chamar isso de infográfico “estatística de energia”. Ele combina um gráfico muito simples com um texto grande e em destaque para uma apresentação de alto impacto:

Melhores práticas de design para apresentar os resultados da pesquisa em infográficos

Mesmo que você tenha os dados de pesquisa mais interessantes de todos os tempos, ninguém dará uma segunda olhada se o seu infográfico for mal projetado. Lembre-se dessas práticas na elaboração do seu próximo infográfico de resultados de pesquisa.

Rotule claramente os gráficos para fornecer contexto e evitar interpretações errôneas

Seus leitores devem ser capazes de entender seus gráficos de pesquisa em apenas alguns segundos. Isso torna os rótulos um dos elementos de gráfico mais importantes (depois dos próprios dados, é claro).

Introduções descritivas podem ser usadas para adicionar contexto aos dados – para explicar os objetivos, métodos de coleta e resultados do estudo no gráfico. Este texto ajudará a garantir que nada seja mal interpretado ou perdido na análise por parte do seu público.

Um gráfico bem rotulado se parece com isto:

Fonte

Os rótulos se destacam no fundo do gráfico, com setas ou outros elementos claramente vinculando-os aos seus respectivos pontos de dados.

Simplifique os dados para criar clareza

Pode parecer tentador para os pesquisadores incluir todos os pontos de dados em uma apresentação de resultados. Mas, posso te garantir que isso não adiantará nada!

Seja seletivo com seus dados. Não é porque você tem muitos dados coletados em seu estudo que isso significa que seu público vai querer passar horas percorrendo um infográfico de quilômetros de extensão.

Selecione os resultados mais importantes e deixe o resto para adicionar em materiais mais detalhados, como documentosrelatórios, ou até mesmo em uma dissertação. Inclua alguns dados de suporte, se necessário. Mas lembre-se: a visualização de dados tem tudo a ver com eliminar a confusão.

Não embeleze seu infográfico com decorações desnecessárias

Na mesma linha, evite adicionar ícones desnecessários, fontes difíceis de ler, cores berrantes, efeitos 3D ou qualquer outra forma de “chartjunk” – elementos ornamentais que não ajudam a esclarecer nada sobre os dados em si.

Embora você possa pensar que adicionar elementos extras tornará seu infográfico mais atraente, eles geralmente apenas desviam a atenção das informações que você deseja comunicar.

Fonte

O foco do seu infográfico deve ser A) os gráficos e B) suas notas, rótulos e anotações.

Aplique opções de estilo uniformemente em todo o infográfico

Independentemente das cores, fontes, imagens ou ícones que você usar, certifique-se de aplicar o estilo de forma consistente em todo o gráfico.

Isso torna muito mais fácil a comparação de respostas entre populações.

Inclua links para fontes de dados no rodapé do infográfico

Cite suas fontes de dados, de preferência em forma de link, no rodapé do seu infográfico. Torne mais fácil para os membros mais curiosos do seu público encontrar e examinar os dados originais por conta própria.

Mesmo que seja uma pesquisa original, vincular os dados completos ajudará com a sua credibilidade e permitirá que os leitores tomem suas próprias decisões sobre os dados. E quem sabe – talvez eles encontrem algo interessante que você perdeu na primeira vez!

Conclusão

Às vezes, tabelas e gráficos sozinhos simplesmente não funcionam.

Embora uma análise aprofundada dos resultados da pesquisa seja melhor apresentada em um relatório abrangente, um infográfico é um excelente meio para resumir suas descobertas para um impacto mais imediato.

Agora que você sabe como exibir os resultados da pesquisa com os gráficos certos, o processo de design do infográfico deve ser simples e fácil. Se você tiver dúvidas, confira este artigo sobre como transformar dados de pesquisa em infográficos.

Ou comece agora mesmo:

COMECE COM UM MODELO DE INFOGRÁFICO

TAGS:
, ,
About Letícia Fonseca

A Letícia faz parte do time internacional da Venngage e é responsável pelo crescimento da estratégia em português. Formada em Publicidade, é especialista em Marketing de Conteúdo e escreve sobre os mais variados assuntos.