A anatomia do blog post perfeito: dicas comprovadas para escrever em 2021

By Andy Crestodina, Jan 12, 2021

anatomia do blog post perfeito

Existem dezenas de objetivos, estratégias e estilos quando se escreve um blog post. Nunca haverá duas estratégias de conteúdo iguais. Mas se você perguntar a um número suficiente de blogueiros sobre seu processo de criação (e se ele estiver funcionando), você verá algumas correlações.

Os blogueiros que trabalham de determinada maneira têm maior probabilidade de obter sucesso. Existem padrões.

Junte esses padrões e você terá um conjunto de práticas recomendadas para redação em blogs. Junte essas práticas recomendadas e você terá um título divertido: “O blog post perfeito.”

Confira os elementos para redação em blogs e criação de conteúdo que têm a correlação mais forte com “resultados sólidos”, conforme relatado por 1.279 blogueiros na Pesquisa Blogger de 2020 da Orbit Media.

blog post dicas infografico


 

Dicas de redação em blogs para 2021 (avance para a seção desejada):

Especialistas em conteúdo dão sua opinião

Como este post é intitulado “A anatomia do blog post perfeito”, isso nos fez pensar: se um blog post fosse um corpo humano, qual seria sua parte mais importante e por quê?

Recorremos a especialistas de conteúdo em tecnologia e muito mais. Eles corajosamente aceitaram nosso convite um pouco estranho e responderam de maneiras lindas e criativas. Procure suas citações ao longo deste post.

1. Tamanho: o post deve ter 3 mil palavras ou mais

O blog post perfeito é longo.

A correlação entre a extensão do conteúdo e o sucesso da redação em blogs é óbvia. Quanto maior for o artigo padrão, maior a probabilidade de o blogueiro sem bem-sucedido.

blog post dicas 1

 

Não tente escrever um artigo longo. Procure escrever um artigo detalhado que cubra o assunto completamente.

Se você está contando palavras e precisa de mais, considere qualquer uma dessas abordagens.

  • Pesquise o assunto (ou um subtópico relacionado no Google). Viu uma caixa de “As pessoas também perguntam”? Adicione algumas dessas perguntas e respostas ao seu artigo.
  • Publique uma pergunta relacionada nas redes sociais. Veja se as respostas geram ideias para subtópicos a serem incluídos.
  • Existe conteúdo relevante em outros canais e formatos? Pesquise o assunto no YouTube. Adicione quaisquer novos insights que você encontrar ao seu artigo. Você pode até inserir um vídeo.
  • Fale com um especialista relevante. Peça-lhes que contribuam de alguma forma. Inclua suas ideias no artigo. Falaremos mais sobre colaboração em um minuto.

O objetivo não é escrever 3 mil palavras, mas criar a melhor página da internet sobre o assunto.

 

Embora seja difícil argumentar que as mãos são a parte mais importante do corpo humano, realmente acredito que é extremamente difícil ficar sem elas. O mesmo vale para as “mãos” de um post – sua capacidade de dar algo aos seus leitores. De que forma seu blog fornece informações, educação e conselhos úteis e exclusivos? As pessoas leem seu blog para aprender algo, se desafiarem e melhorarem suas vidas de alguma forma. Se o seu blog não puder entregar algo a elas, elas não voltarão em busca de mais.

Allie Decker, Profissional de Marketing de Conteúdo e Jornalista na HubSpot

O dedão do pé: fornece o equilíbrio necessário que cada artigo precisa (fatos, links, empatia, humor). Sem ele, você pode chegar ao seu destino, mas certamente seria uma jornada mais dolorosa e longa.

Jodi Schechter, Gerente de Marketing de Conteúdo na DocuSign

Recurso: 23 perguntas para inspirar seu conteúdo

2. Formato: o tipo de post mais eficaz é uma entrevista, guia ou resumo

O blog post perfeito é colaborativo.

Os formatos colaborativos de entrevistas, resumos e artigos com contribuições de outras pessoas têm muito mais probabilidade de se correlacionar com resultados sólidos.

blog post dicas

Essas postagens têm um formato diferente da linha reta de uma post de tutorial, pois são complementados com diferentes pontos de vista.

Existem basicamente três estilos de conteúdo colaborativo, e todos eles adicionam formas que um único autor não pode fornecer em uma missão solo:

  • A entrevista
    Um especialista, muitas perguntas. É um mergulho profundo na mente de alguém que teve a experiência e está disposto a compartilhar. O bom e o ruim, sucessos e fracassos, histórias e insights.
  • Citações de colaboradores
    Você tem apenas uma voz. Tudo o que você diz vem desse único ponto de vista. Mas é preciso pouco esforço e tempo para adicionar mais perspectivas ao seu próximo artigo. Um jornalista não publicaria um post sem uma fonte. Por que os blogueiros publicam sem citações de colaboradores? Você também pode tentar visualizar essas citações dividindo o texto.
  • O resumo
    Muitos especialistas, uma (ou poucas) perguntas. Reúna um grupo de especialistas. Peça a opinião deles. Deixe-os discordar. Combine-os em uma post que cobre um assunto interessante de vários ângulos. Help a Reporter é um recurso que você pode usar para encontrar especialistas.

Antes de publicar um resumo, pergunte-se se você, como editor, adicionou o máximo de valor possível. Forneceu sua própria análise? Organizou as contribuições de uma forma significativa? Ou você apenas copiou e colou 65 falas no WordPress?

Trabalhe mais em seus resumos e eles trabalharão mais para você. E quanto mais colaborativo for o seu conteúdo em geral, melhor será o seu conteúdo, seu alcance social e sua rede profissional.

O próprio conteúdo. Você pode escrever um título atraente, pode otimizar o artigo o quanto quiser para SEO…mas no final das contas:

Se as pessoas não permanecerem na página por tempo suficiente, seu ranking cairá

Se elas não interagirem como você deseja, você não alcançará os objetivos do seu blog

Se eles não virem valor suficiente no artigo, eles não o compartilharão

Os títulos podem atrair as pessoas, mas um ótimo conteúdo, do texto aos recursos visuais, é a parte mais importante do “corpo” de qualquer blog post.

Hiba Amin, Gerente de Marketing na Soapbox

O coração, porque você deseja que o fluxo de informações seja bombeado pelo post e dê vida ao impulso narrativo dele.

Ahava Leibtag, Fundador e Presidente do Aha Media Group.

Recurso: Como escrever um bom blog post usando infográficos (em inglês)

3. Células: atualize um blog post antigo para obter o dobro dos resultados

O blog post perfeito é atualizado várias vezes.

Cada vez mais blogueiros estão atualizando conteúdo antigo – 70% em 2020 em comparação com 53% em 2017.

Por quê? Porque os blogueiros que atualizam conteúdo antigo têm duas vezes mais chances de relatar bons resultados.

Aqui na Venngage, atualizamos posts antigos semanalmente. Na verdade, uma atualização recente em nosso blog post sobre mapas mentais levou nossas taxas de inscrição de 7 para 14 por cento (EUA), quatro semanas após a atualização.

Veja como escolhemos quais postagens antigas atualizar:

  • O post tem uma palavra-chave de alto volume que está declinando nas sessões orgânicas, inscrições e/ou atualizações.
  • O post tem uma palavra-chave de alta intenção (pode ser de baixo volume, mas alto CPC) que está apresentando declínio de inscrições e/ou atualizações.
  • O post está funcionando bem, mas precisa de uma atualização para atender novos públicos-alvo.
  • Os texto e/ou recursos visuais do post estão desatualizados e precisam ser atualizados.

blog post dicas 1

Temos um processo específico para atualizar nossos blog posts, que recentemente detalhamos em um thread do Twitter.

Processo de atualização de blogs infalível** da Venngage:

**Nada é infalível no marketing de conteúdo, mas eu gostaria que fosse.

1. Obtenha as linhas de base

Obtenha linhas de base das últimas quatro semanas no país-alvo. Na Venngage, observamos o desempenho do post nas últimas quatro semanas nos EUA, usando o Google Analytics e o Mixpanel para obter os dados.

Linhas de base que você pode usar para um blog post:

  • Sessões orgânicas
  • Taxa de inscrição
  • Taxa de atualização
  • Taxa de inscrição/atualização segmentada por seu público-alvo para este post.
  • Duração média da sessão
  • Taxa de rejeição

2. Faça um diagnóstico do problema

Você não pode atualizar um blog post sem saber por que ele não está funcionando e/ou quais partes estão tendo sucesso. Observe suas linhas de base e analise os resultados.

blog post dicas 2

    • Sessões baixas: sem classificação alta o suficiente em palavras-chave relevantes
    • Baixa taxa de inscrições: o conteúdo não atende adequadamente às necessidades e problemas de seu público-alvo
    • Baixa taxa de atualização: o mesmo que acima, embora alguns possam argumentar que é difícil influenciar a taxa de atualização tão cedo na jornada do comprador.
    • Duração curta da sessão: os visitantes não se interessam pelo seu conteúdo. Pode haver muitas coisas erradas neste caso: blocos de texto no início da post sem recursos visuais, nenhuma proposição de valor clara na introdução, os recursos visuais são confusos ou irrelevantes, títulos e/ou “jump links” confusos ou não muito descritivos.
    •  A taxa de rejeição é alta: seu conteúdo provavelmente não está atingindo a intenção de busca, bem como os problemas listados.

3. Faça a pesquisa de palavras-chave

Use uma ferramenta como o Site Explorer do Ahrefs para ver para quais palavras-chave você já está posicionado.

Faça uma lista de palavras-chave de alto volume e/ou alta intenção nas quais você não está em primeiro lugar. Adicione-as aos seus títulos (ou crie novos títulos) e ao corpo do texto.

Use o planejador de palavras-chave para pesquisar novas palavras-chave em potencial (consulte a seção 4 abaixo para obter detalhes).

4. Faça pesquisas sobre a experiência do usuário

Use uma ferramenta de mapa de calor, como o Hotjar, para ver onde os visitantes costumam parar em um post para saber onde você precisa tornar o texto/imagens mais atraentes.

O Hotjar também é ótimo para ver em quais “jump links” os visitantes clicam com frequência. Considere mover as seções correspondentes para o topo do post e desenvolver essas seções com palavras-chave adicionais.

5. Verifique a intenção de busca

Analise os três primeiros resultados na SERP para sua palavra-chave primária. Seu post aborda os mesmos tópicos? Tem títulos semelhantes? Adiciona algo novo à conversa? Seu post deve atender às expectativas do leitor e agregar valor extra.

Mãos. A parte mais importante de um post é fornecer as informações ou a experiência que um leitor está procurando. Isso não significa que um post deva estar cheia de fatos e dados – na verdade, a maioria não está. Mas se um post não atende às intenções do leitor, é improvável que receba muita tração.

– Katrina Dalao, Gerente de Conteúdo na Referral Rock

6. Use recursos visuais melhores

Nada é mais chato do que colunas de texto, recursos visuais ruins, como fotos de arquivo comuns ou elementos confusos que não conseguem explicar os dados ou esclarecer um argumento.

Os infográficos são perfeitos para contar uma história, tornar assuntos chatos envolventes, posicionar claramente seu produto como a solução ou tornar informações técnicas mais acessíveis.

Não sabe por onde começar com infográficos? Este vídeo básico sobre os nove tipos de infográficos ajudará você a escolher o tipo certo para o seu conteúdo:

A seção 6 abaixo fornece mais detalhes sobre os diferentes tipos de recursos visuais que você pode usar para melhorar o tempo na página e as métricas de conversão.

7. Fale com o leitor, na linguagem do leitor

Consulte chamadas de usuários, registros de chat de clientes e conversas em sites relevantes, como Quora ou Reddit. Use os termos que seus clientes usam.

Você também deve abordar os problemas de seu público-alvo e posicionar seu produto como a solução.

8. Além disso, não se esqueça de…

  • Verificar se há links quebrados ou se você pode criar links para estudos mais recentes e confiáveis.
    Procurar erros de digitação. Duvido que você não os encontre.
  • Fazer a interligação. O ideal é criar links de retorno a partir dos posts em seu próprio site para este post, pois trata-se de um fator de posicionamento para o Google.
  • Publicar e promover, promover, promover. Pule para a seção 11 para obter detalhes.

Impressões digitais: o aspecto único e exclusivo de um post que o torna especial, garante que ele vale a pena ser lido e oferece algum aspecto de diferenciação. Muito frequentemente, o conteúdo é um mar de similaridades.

Daniel Reiter, Editor-chefe na FreshBooks

Recurso: Impulsione o tráfego do blog e o envolvimento com esses 37 métodos comprovados (em inglês)

4. Articulações: faça a pesquisa de palavras-chave

O blog post perfeito tem como alvo uma frase-chave.

Mais especificamente, uma frase-chave de alto volume e alto valor e que se posiciona lindamente. Certo? Portanto, cada post deve ser focado em frases-chave, pelo menos é o que a pesquisa sugere. Os blogueiros que pesquisam frases-chave para cada post têm muito mais probabilidade de ter sucesso.blog post dicas 2

Não tão rápido.

Esta é uma prática recomendada que pode causar problemas ou pelo menos pode deixá-lo tão frustrado, que você desistirá do Google e se dedicará ao TikTok.

Os melhores SEOs sabem quando o SEO não é relevante.

Depois que a inspiração surgir e você estiver pronto para escrever, faça-se algumas perguntas rápidas:

Alguém está procurando por este assunto?

Se for um artigo de opinião, provavelmente não. Se for notícia, provavelmente não. Se for algo inesperado ou não se alinhar bem com um assunto de pesquisa popular, é possível que ninguém esteja procurando por ele. Se for esse o caso, tudo bem. Escreva de qualquer modo e promova-o em outros canais: redes sociais, e-mail, alcance, pago, influenciadores, etc.

Se alguém estiver procurando por ele (talvez seja um tutorial), faça a próxima pergunta:

As pessoas que procuram este artigo provavelmente pesquisariam qual frase?
OK. Você está pronto para fazer uma pequena pesquisa sobre frases-chave.

Este é um blog post, então você deve estar pensando em uma frase-chave de “intenção de informação”. Seu post vai responder a uma pergunta que as pessoas pesquisam.

Eu tenho uma chance razoável de posicionamento para esta frase?

A busca refere-se, em parte, à credibilidade. Sua página e seu site precisam ter níveis suficientes de credibilidade para direcionar a frase ou você nunca ficará bem posicionado. É por isso que apenas sites muito famosos ficam posicionados para frases-chave muito valiosas.

Portanto, você precisa entender quanta credibilidade seu site tem (conforme medido por software de SEO com métricas como Autoridade do Domínio, Pontuação de Autoridade, Posicionamento do URL, etc.) e evitar certas frases se outras páginas com posicionamento alto estiverem fora do seu alcance.

Eis um pequeno truque. Se você tiver baixa autoridade, use apenas frases-chave mais longas. Elas são menos competitivas e mais fáceis de posicionar. Elas também são mais específicas e têm maior probabilidade de atrair visitantes que ficarão maravilhados por terem encontrado seu site.

É muito melhor ter um pequeno de tráfego de leitores altamente engajados do que uma enxurrada de visitantes que simplesmente entram e saem.

blog post dicas 3

Fonte: Como pesquisar palavras-chave, Orbit Media

Então, sim, o post perfeito se posiciona. Mas muito conteúdo bom não é focado em frases-chave. A vida é mais do que pesquisa.

As entranhas! Veja – é importante ter um rosto bonito (ótima aparência; título, recursos visuais e tudo), mas só isso quer dizer que você é um clickbait. O que *realmente* importa é o que está no interior. É o funcionamento interno do post; as coisas que até mesmo o leitor mais astuto não percebe – exceto se você fizer algo errado.

Por exemplo, como você otimizou o post para pesquisa sem pesar a mão, ou como você estruturou e definiu o post para manter o leitor interessado, como um sistema digestivo saudável. Todos nós sabemos o que é ter indigestão, gases ou pior! Posts não muito bem estruturados e escritos são igualmente perturbadores. Seu leitor não deve precisar de um antiácido para acabar de ler seu artigo! Deve parecer uma refeição leve e equilibrada; fácil de digerir, nutritiva, deliciosa.

Jane Flanagan, Diretor de Conteúdo e Marca, OwntheAddress.com

Recurso: Como melhorar seus rankings no Google rapidamente

5. Cabeça: formule seu título de 11 a 19 vezes para melhores resultados

O blog post perfeito tem um título cuidadosamente pensado.

Alguns de nós trabalham duro em nossos títulos. Outros, nem tanto. Os dados mostram a diferença. Os blogueiros que escrevem muitos rascunhos de títulos têm mais probabilidades de sucesso.

blog post dicas 4

O título é a cara do post.

Onde quer que a página vá competir — resultados de pesquisa, feeds de redes sociais, caixas de entrada — ele vai ganhar ou perder com base no título. Naquele breve momento, quando os olhos do leitor passarem por essas palavras, eles farão um cálculo rápido do ROI em sua mente. Vale a pena clicar?blog post dicas 5

Fonte: Como escrever títulos realmente excelentes, Orbit Media

Se sim, você ganhou um visitante!
Se não, eles dispensarão seu artigo e continuarão a navegar na Internet…

Sabendo o quão competitivo o jogo da atenção pode ser, e quão importante é essa primeira impressão, muitos de nós estamos trabalhando muito mais arduamente do que nunca em nossos títulos.

Esse último ponto é o mais importante. Na verdade, não existe isso de títulos. Existem tags de título, cabeçalhos, linhas de assunto de e-mail e postagens nas redes sociais. E tudo isso pode ser feito sob medida para desempenho em seus respectivos canais.

A cabeça, no sentido da combinação entre um título e uma introdução.

Hoje em dia, todo mundo é bom a escrever títulos interessantes e a maioria dos leitores já sabe que o título pode ser enganoso.

Então, escrever uma introdução muito forte que capture a atenção do leitor e os mantenha presos é o novo campo de batalha. Existem algumas “fórmulas mágicas” que você pode usar aqui também, mas trata-se muito mais de saber o que escrever e como.

Ilia MarkovChefe de Conteúdo na ChartMogul

6. Pele: inclua pelo menos 10 imagens

O blog post perfeito contém muitas imagens.

Quanto mais recursos visuais, maior a probabilidade de sucesso. Os dados da pesquisa mostram isso claramente.

blog post dicas 6

Que tipos de imagens funcionam melhor? Nossa pesquisa de marketing de conteúdo visual de 2020 descobriu que os profissionais de marketing confiavam principalmente em imagens de arquivo e recursos gráficos originais.

Dito isso, 40% dos profissionais de marketing disseram que foram os recursos gráficos originais, como infográficos e ilustrações, que os ajudaram a atingir seus objetivos de marketing.

Apenas 13% dos profissionais de marketing disseram que as fotos de arquivo foram realmente impactantes.

Em que os infográficos podem ajudar?

  • Tornar assuntos e/ou setores “chatos” mais envolventes.
  • Tornar as informações técnicas acessíveis.
  • Incentivar seu público a pensar sobre um assunto de uma maneira diferente.
  • Posicionar melhor o valor do seu produto ou serviço.

Por exemplo, vamos voltar à pesquisa de marketing visual da Venngage. Fazemos isso todos os anos e sempre produzimos um infográfico para visualizar nossas descobertas. Em seguida, dividimos o infográfico em recursos gráficos individuais que complementam cada seção escrita:blog post dicas 7

Este recurso visual não apenas torna os resultados da pesquisa absolutamente claros, mas posiciona perfeitamente o produto da Venngage (software de design gráfico simples para empresas) como a solução para atingir seus objetivos de marketing.

Os infográficos são apenas um ponto de partida. Outras opções incluem imagens de cabeçalho de blog, diagramas de processo, fluxogramas, roteiros, mapas mentais, tabelas e gráficos – dependendo das informações que você deseja visualizar.

Curiosamente, gráficos e visualizações de dados tiveram melhor desempenho para apenas 9% dos profissionais de marketing.

Uma vez que estatísticas e pesquisas originais são estratégias poderosas para redação de blogs, as tabelas e gráficos certamente têm seu lugar – como discutiremos na próxima seção.

Se um blog post fosse um corpo humano, a parte mais importante seriam os olhos. A verdade é que uma imagem vale mais que mil palavras e muitos profissionais de marketing de conteúdo se esquecem de prestar atenção à imagem de visualização de seu conteúdo. Uma imagem (e um título!) atraente chamará a atenção do seu público quando você compartilhar esse conteúdo nas redes sociais. Assim como os YouTubers passam muito tempo nos thumbnails de seus vídeos, você deve pensar um pouco sobre que imagem de visualização e título atrairão seus leitores.

– Manuela Barcenas, @ManuelaBarcenas

Recurso: Como usar a comunicação visual: definição, exemplos, modelos

7. Ossos: inclua estatísticas e pesquisas originais

O blog post perfeito apresenta pesquisas.

O post está bem apoiado? Existem dados para corroborar as afirmações? Exemplos, estatísticas e pesquisas?

Cada vez mais blogueiros estão construindo seu conteúdo tendo a pesquisa como coluna vertebral. Nos últimos três anos, houve um salto de 68% na pesquisa original como estratégia de redação de blog posts.

blog post dicas 8

Os dados tornam um post mais confiável. Mas os dados originais fazem mais, pois o tornam a principal fonte para novas informações.

Realizar pesquisas é definitivamente uma adição ainda mais valiosa. Leva tempo para planejar e executar uma pesquisa: a coleta de dados é um trabalho árduo. É mais fácil com parceiros, mas a coordenação também leva tempo. E não se esqueça da promoção.

Faça do jeito certo e você ficará bem:

  • Os conhecimentos podem ser usados em todo o seu conteúdo
    Você pode adicioná-los a artigos do passado, presente e futuro. É uma fonte de riqueza de interligação que muitas vezes torna a peça de pesquisa um novo centro de conteúdo.
  • Apresentações para a imprensa ficam mais fáceis
    Os editores estão sempre procurando por novos dados. Quando há um novo estudo sendo publicado, a divulgação se torna fácil, especialmente se você oferecer a eles um ângulo específico.
  •  Crie visualizações de dados exclusivas
    Visualizar dados é uma ótima maneira de tornar sua pesquisa original envolvente e facilmente digerível. Isso facilitará o pitching à imprensa e aos convidados dos posts, e o ajudará a se posicionar no Google, uma vez que as SERPs estão se tornando cada vez mais visuais. Certifique-se de otimizar suas imagens para SEO.
  • Os recursos visuais criam um conteúdo incrível de mídia social
    Na Venngage, reaproveitamos regularmente o conteúdo do blog como recurso visual para as mídias sociais. Está comprovado que é uma forma sustentável e escalável de aumentar nosso tráfego nessa esfera. Agora recebemos três vezes mais tráfego do Pinterest por semana do que recebíamos antes em um mês. Nosso post sobre estratégia de mídias sociais mostra como você pode fazer o mesmo.
  •  Os títulos quase se escrevem sozinhos
    Junte um número com a ideia mais inesperada. Ou aluda a uma grande descoberta. Experimente vários títulos nas redes sociais antes de escolher o assunto do e-mail final.

As estatísticas tornam tudo mais clicável. Quando a equipe do LinkedIn adicionou um ponto de dados à frente de um post de mídia social, a taxa de cliques aumentou 37%.

blog post dicas estatisticas

Os pés são importantes, pois sustentam o resto do corpo. Para um blog post, os pés seriam os fatos, ou seja, garantem que seu post contenha informações corretas e integridade jornalística. As pessoas VÃO checar seus fatos, e isso vale em dobro para nosso público, especificamente (advogados). Se as informações fornecidas não forem confiáveis, você quebra uma promessa, não importa o quão atraente ou otimizado para o mecanismo de busca seja seu título e texto — e isso é prejudicial para sua marca.

Teresa MatichEstrategista de Conteúdo Sênior na Clio

Recurso: Mais de 25 modelos de infográficos estatísticos para ajudá-lo a visualizar seus dados (em inglês)

8. Olhos: use vídeo

O blog post perfeito contém um vídeo.

Podemos adicionar todo o tipo de coisas aos blog posts. Algumas delas estão mais relacionadas ao sucesso do que outras. O formato que parece impulsionar mais os resultados, de acordo com mais de 1.200 entrevistados? Vídeo.

Incorporar um vídeo em um post pode ter um grande impacto no engajamento que, aliás, pode ser mensurado. Se você adicionar o rastreamento de eventos às interações do player de vídeo, poderá monitorar o envolvimento com o vídeo no Analytics.

Melhor ainda, crie segmentos no Analytics para ver a diferença entre os visitantes que assistem e os que não assistem. Confira a aparência do relatório para uma página específica.

blog post dicas video

Teste e meça os vídeos incorporados em seu conteúdo. Se você não tem seus próprios vídeos, pode testar usando qualquer coisa relevante que encontrar no YouTube. Se funcionar, você pode gravar e usar o seu próprio em vez disso.

Em pouco tempo, você saberá quais tipos de vídeos, publicados em quais locais, causam o maior impacto para seus visitantes.

Recurso: O guia definitivo para marketing de vídeo

9. Hora do check-up: trabalhe com um editor para obter melhores resultados

O blog post perfeito é editado por um profissional.

Esse “segundo par de olhos” frequentemente detecta erros que passaram despercebidos pelo escritor. Muitos blogueiros aprenderam isso da maneira mais difícil. Os dados da pesquisa mostram que 60% dos blogueiros trabalham com editores, pelo menos de maneira informal.

Também mostram que quanto mais sério o processo de edição, maior a probabilidade do blogueiro relatar sucesso.

Na Venngage, tentamos sempre ter dois pares de olhos em nosso conteúdo: um membro da equipe de conteúdo e nossa líder, Sara McGuire.

Também temos uma reunião semanal do Content Jam (virtual, é claro). Enviamos nossos trabalhos em andamento em um canal do Slack no dia anterior e fornecemos feedback durante a reunião. Esta tem sido uma ótima maneira de obter perspectivas diferentes, destilá-las e decidir sobre os próximos passos com rapidez e eficiência.

O coração. Um bom conteúdo precisa de uma razão e um propósito. O coração ajuda a garantir que o resto do corpo seja capaz de fazer a sua parte. Sem um objetivo claro para um determinado conteúdo, ele provavelmente terá dificuldades.

Bud HennekesGerente de Conteúdo na CXL Institute

Cabelo (o da sua cabeça). Ele não é crítico para a sua sobrevivência – se você raspar a cabeça, ainda será um ser humano bonito e eficaz – no entanto, você pode fazer muito com seu cabelo para adicionar atratividade e função. Você pode deixá-lo crescer, cortá-lo, estilizá-lo e pintá-lo de um milhão de maneiras diferentes. Isto apenas acrescenta muitas outras possibilidades para diferenciá-lo das multidões e atrair seu público ideal. E nos dias em que você simplesmente não está curtindo, pode colocar um chapéu (ou um gorro, hein!) e pronto.

Karine BengualidRedator ou Estrategista de Conteúdo na The Letter K

Recurso: Revisão e edição para profissionais de marketing de conteúdo

10. Roupas: as estratégias de promoção mais eficazes são influencer outreach, pago ou SEO

O blog post perfeito é promovido em vários canais.

Pense nisso como uma cobertura. Um único conteúdo pode ser promovido em vários canais. Quanto melhor for a cobertura, maiores serão as chances de sucesso.

Quais canais de promoção tendem a se correlacionar com o sucesso do blog? São exatamente os canais com menor probabilidade de serem usados pela maioria dos blogueiros: SEO, pago e influencer outreach.

  • Existe uma oportunidade relacionada com palavras-chave? Essa é uma frase-chave que podemos atingir de forma realista?
    Em caso afirmativo, indique a relevância da frase-chave. O blogueiro inteligente cria o conteúdo com a promoção em mente.
  • As conclusões são inesperadas? Ou existem recursos visuais atraentes?
    Em caso afirmativo, planeje impulsionar o post com um pouco de mídia paga e imagens para as redes sociais que sejam adequadas.
  • Existem especialistas que podem contribuir para o post? Eles têm seguidores sociais engajados?
    Em caso afirmativo, peça uma cotação. Depois que o conteúdo for publicado, dê uma leve cutucada, incentivando-os a compartilhar.

O sucesso depende tanto da qualidade da promoção quanto do conteúdo. Em outras palavras, o melhor conteúdo não vence. O melhor conteúdo promovido vence.

As roupas. O modo como “embalamos” nossos posts de blog e como nos “embalamos” (nos vestimos) realmente afeta a interpretação ou percepção das pessoas sobre nós como um todo.

Se você tiver leitores dedicados, eles podem se importar mais com o conteúdo além da “embalagem” ou das roupas de seu blog post. Mas para atrair um público novo, você precisa se preocupar com o título e a imagem do cabeçalho para seduzir gente nova – ou o chapéu, o vestido e os acessórios.

Aperfeiçoe esses elementos externos “mais importantes” e você incentivará o público a ler e explorar o conteúdo (ou o corpo, a alma) além da embalagem externa de um blog post bem vestido.

Rebecca Reynoso, Editora-chefe na G2

Reurso: 76 estratégias de promoção de conteúdo para conteúdo de blog

11. Monitore os sinais vitais do seu blog post no Google Analytics o tempo todo

O blog post perfeito é mensurado.

Checar o Analytics se correlaciona com os resultados. Nenhuma surpresa. Se você não usa o Analytics, como sabe se está obtendo resultados? Surpreendentemente, 15% dos blogueiros nunca ou raramente checam o Analytics. Cinco por cento dos blogueiros nem têm acesso à ferramenta.

Cada post tem uma tarefa a desempenhar, e casa uma delas pode ser mensurada. Confira alguns exemplos de como o conteúdo pode ser responsabilizado:

Topo de funil, conteúdo de conscientização

  • Formato / canal: conteúdo de instrução otimizado para pesquisa
  • Métricas: classificações de pesquisa, tráfego de pesquisa, métricas sociais, taxa de conversão de inscrições por e-mail

Meio do funil, conteúdo para manter-se em contato

  • Formato / canal: infográfico, enviado por e-mail para assinantes
  • Métricas: taxa de abertura, taxa de cliques, tempo na página, páginas por visita, métricas sociais

Fundo do funil, conteúdo de capacitação de vendas

  • Formato / canal: guia de compra, enviado por e-mail para potenciais compradores
  • Métricas: pipeline, reuniões agendadas

Pernas. A post se sustenta sozinho? O sucesso de longo prazo do marketing de conteúdo requer algo que forneça valor, independente de outros fatores.

Ben TravisGerente de Marketing na Bonusly

Recurso: O guia do profissional de marketing de conteúdo para o Google Analytics

Em resumo: siga as dicas para redação de blogs que você pode aproveitar facilmente agora mesmo.

Quando se trata da redação de blogs, mais esforço significa melhores resultados. Levar mais tempo para escrever conteúdo mais longo e mais confiável é a estratégia definitiva de redação de blogs.

Dito isso, nem todos os blogueiros têm tempo ou recursos para escrever consistentemente postagens com mais de 3 mil palavras otimizadas para SEO, repletas de recursos visuais, verificadas por dois editores e complementadas por uma estratégia de promoção robusta.

Afinal, 52 por cento dos blogueiros disseram que encontrar tempo para criar e promover conteúdo é seu maior desafio.

A solução é escolher quais dicas e práticas recomendadas para redação de blogs estão mais disponíveis para você. Você tem tempo para atualizar um post antigo em vez de escrever um novo? Fazer um infográfico simples em vez de usar as mesmas imagens de arquivo antigas? Escolha o que parece executável, avalie os resultados e comece daí.

Um blog post é semelhante à alma, pois oferece uma visão sobre o núcleo emocional de uma organização e promove oportunidades de conexão em torno de um propósito comum.

Melissa Macchiavelli, Diretora de Estratégia de Conteúdo

 

About Andy Crestodina

Andy Crestodina é co-fundador e Diretor Estratégico da Orbit Media, uma premiada agência digital em Chicago. Nos últimos 18 anos, Andy criou estratégias digitais para mais de mil empresas. Ele é um palestrante bem avaliado em conferências nacionais, redator dos maiores blogs e apresentador de um pequeno podcast. Andy escreveu centenas de artigos sobre estratégia de conteúdo, otimização de mecanismos de pesquisa, mídia social e analytics.