We use essential cookies to make Venngage work. By clicking “Accept All Cookies”, you agree to the storing of cookies on your device to enhance site navigation, analyze site usage, and assist in our marketing efforts.

Manage Cookies

Cookies and similar technologies collect certain information about how you’re using our website. Some of them are essential, and without them you wouldn’t be able to use Venngage. But others are optional, and you get to choose whether we use them or not.

Strictly Necessary Cookies

Always Active

These cookies are always on, as they’re essential for making Venngage work, and making it safe. Without these cookies, services you’ve asked for can’t be provided.

Show cookie providers

  • Venngage
  • Amazon
  • Google Login
  • Intercom

Functionality Cookies

These cookies help us provide enhanced functionality and personalisation, and remember your settings. They may be set by us or by third party providers.

Show cookie providers

  • Venngage
  • Chameleon
  • Intercom
  • Algolia

Performance Cookies

These cookies help us analyze how many people are using Venngage, where they come from and how they're using it. If you opt out of these cookies, we can’t get feedback to make Venngage better for you and all our users.

Show cookie providers

  • Venngage
  • Mixpanel
  • Intercom
  • Google Analytics
  • Hotjar

Targeting Cookies

These cookies are set by our advertising partners to track your activity and show you relevant Venngage ads on other sites as you browse the internet.

Show cookie providers

  • Google Ads
  • Google Tag Manager
  • Facebook
  • Pinterest
  • Produto
  • Soluções
  • Modelos
  • Aprenda
  • Preço

Qual é a importância do conceito de ESG para o futuro do seu negócio? 

By Linkana, Sep 27, 2023

Entender a importância do conceito ESG para o seu negócio é uma forma de melhorar o relacionamento com clientes, investidores e demais stakeholders e, consequentemente, de aumentar a lucratividade da companhia.

Isso acontece porque, cada vez mais, as pessoas esperam que as organizações se posicionem e adotem boas condutas relacionadas aos pilares socioambiental e de governança que embasam esse contexto.

Prova disso vem de um levantamento realizado pelo Google em parceria com a empresa de tecnologia especializada em pesquisa digital MindMiners. Segundo o estudo, 4 entre 5 brasileiros entrevistados declaram como importante a atuação das marcas perante ações voltadas para cuidados com o meio ambiente, questões de governança e panorama social.

Outra pesquisa, essa da Walk The Talk, revelou que 94% dos brasileiros acreditam que as companhias podem ser agentes de mudanças; e 20% afirmam que já boicotaram marcas que não se mostraram responsáveis com boas práticas ESG.

Para evitar que sua empresa seja vista e tratada dessa forma, é fundamental que todos os seus processos ponderem sobre esses pilares, incluindo a dinâmica do fluxo de abastecimento e a gestão de fornecedores.

Quanto a esse último ponto, quanto a supply chain do seu negócio pode afetar negativamente o crescimento da sua empresa se não considerar critérios ambientais, sociais e de governança?

Para responder essa pergunta, o primeiro passo é entender a importância do conceito ESG para o seu negócio. Siga a leitura deste artigo e confira agora qual é essa relevância.

O que contempla o conceito ESG?

ESG é a sigla usada para identificar os termos em inglês environmental, social and governance, que na tradução para o nosso idioma quer dizer ambiental, social e governança

O conceito está relacionado ao estímulo para as empresas adotarem boas práticas, condutas e processos que ajudem a diminuir, ou até mesmo eliminar, impactos negativos de suas atividades na natureza e na sociedade de modo geral.

Ao entender a importância do conceito ESG, fica claro que ele não se limita à atuação interna da companhia, às pessoas que atinge diretamente, ou ao meio no qual está inserida.

Quando boas práticas ESG são implementadas, a marca consegue afetar positivamente o ecossistema de modo geral, contemplando todos os que estão inseridos nele.

Porém, assim como comentamos, não basta que os princípios socioambientais e de governança estejam incluídos nas atividades internas do negócio. Para realmente trazer os resultados esperados, é fundamental que todos os seus pontos de interação sigam esse mesmo conceito, isso inclui, por exemplo:

  • conhecimento e participação dos funcionários;
  • alinhamento com diferentes parceiros de negócio;
  • contratação de fornecedores que compactuam com esse conceito.

Qual a real importância do conceito ESG para sua empresa?

Um dos motivos que ressalta a importância do conceito ESG para sua empresa é que essa prática ajuda a melhorar a imagem da sua marca e o relacionamento com os clientes

Como citamos logo na abertura deste artigo, cada vez mais os consumidores estão dando preferência por companhias que atuam dessa forma. Negligenciar essa preferência é elevar as chances de perder compradores e espaço no mercado de atuação e, por consequência, reduzir o faturamento.

Tenha em mente também que os investidores estão seguindo essa mesma linha de raciocínio. 

Segundo estudo realizado pela consultoria e auditoria Global Reporting and Institutional Investor Survey, citado em matéria do portal Mercado e Consumo, 99% dos investidores afirmam que consideram a existência de práticas ESG como um dos fatores para suas tomadas de decisão entre investir ou não em uma companhia.

Qual a relação entre ESG e gestão de fornecedores?

Considerando que o ideal é que toda a dinâmica da empresa esteja envolvida em boas condutas socioambientais e de governança, é fundamental citarmos que a importância do conceito ESG esbarra também na gestão de fornecedores.

Nesse quesito, o peso desses três pilares fica por conta da busca pela mitigação de riscos que a contratação de empresas fornecedoras pode trazer para a sua.

Aqui, partimos do princípio de que, quando um fornecedor não adota medidas e cuidados relacionados à proteção do meio ambiente e ao atendimento de leis e normas (compliance), todos seus contratantes podem ser negativamente afetados.

Por exemplo, imagine que na sua rede de abastecimento há um fornecedor em desacordo com leis de proteção ambiental, ou que use mão-de-obra escrava na linha de produção. 

Tão logo essas violações sejam identificadas, ele sofrerá uma série de penalidades legais, a exemplo de pagamento de multas, processos civis e, até mesmo, interrupção compulsória das atividades.

Nesse cenário, sua empresa pode sofrer com a interrupção do abastecimento, condição que reflete diretamente no fluxo produtivo e na entrega dos produtos e/ou serviços para os clientes finais.

Em situações mais graves, há um sério risco de a sua marca ser considerada conivente com essas práticas ilegais. Como resultado, ela também pode ser autuada, perdendo credibilidade e confiabilidade junto aos stakeholders e comprometendo, novamente, o volume de vendas e a lucratividade.

Como mitigar os riscos ESG que podem ser gerados por fornecedores?

Com base no que acabamos de comentar, é possível considerar que são exemplos de riscos ESG de fornecedores comportamentos como (separados por pilares):

Riscos ambientais:

  • desmatamento descontrolado;
  • poluição de mares e rios;
  • emissão de gases poluentes;
  • comprometimento da vida marinha;
  • impactos negativos na fauna e na flora.

Riscos sociais:

  • uso de trabalho infantil;
  • uso de mão-de-obra análoga à escravidão;
  • desrespeitos aos direitos humanos;
  • violação à lei de proteção de dados (LGPD).

Riscos de governança:

  • não tratar corretamente pessoa politicamente exposta presente no quadro societário;
  • não se manter em compliance com leis e normas relacionadas ao ramo de atuação;
  • ter participação comprovada em práticas ilícitas, a exemplo de crime de lavagem de dinheiro e corrupção.

A pergunta que deve estar na sua mente agora é: “Mas como verificar todos esses pontos de cada um dos fornecedores que já estão ou serão incluídos na supply chain do meu negócio?“. 

Uma das melhores maneiras de fazer isso é contar com ferramentas que fazem a análise de riscos ESG automaticamente

Desse modo, você evita falhas nesse processo, o deixa mais dinâmico e rápido e garante a contratação de empresas fornecedoras realmente alinhadas com os princípios socioambientais e de governança do seu negócio.

Como resultado, mitiga riscos como os citados, melhora a imagem da sua marca, o relacionamento com clientes, investidores e parceiros, e eleva o potencial de venda e de lucratividade.

Este artigo foi escrito pela Linkana, a primeira fundação de dados de fornecedores compartilhada do Brasil. Nossa base de dados de perfis universais de fornecedores permite que compradores busquem, analisem e homologuem fornecedores em alguns cliques!