5 dicas de como escolher a melhor hospedagem para o seu blog

By Hostinger, Sep 16, 2020

hospedagem para blog

Se você gerencia uma empresa, ter um blog é uma ótima maneira para garantir presença digital.

Se você quer ganhar dinheiro na internet produzindo conteúdo para um público específico, ter um blog é uma alternativa. Mas para isso, é bom ter à disposição um bom serviço de hospedagem de sites.

Hoje em dia, ter um blog não é difícil. Para criar, personalizar e gerenciar um blog não é necessário ter um conhecimento aprofundado em linguagens de programação.

Atualmente as plataformas de criação são intuitivas. Joomla! e o WordPress são dois exemplos claros disso.

Mas e quanto a hospedagem para o seu blog? Como escolher qual é a mais adequada para o seu projeto? Para você ficar por dentro do assunto, dê uma lida em cada um dos tópicos abaixo:

Saiba o que é para que serve a hospedagem de sites

Não é à toa que esse serviço leva o termo “hospedagem” no nome, pois ele serve exatamente para isso, armazenar, ou hospedar um site, blog, aplicativo ou página da internet em um servidor.

Se levarmos em conta que um site ou blog consiste em um conjunto de arquivos que pode ser acessado por outras pessoas por meio de um navegador conectado à internet, então é necessário que esses arquivos estejam hospedados em um servidor.

Além disso, um servidor consiste em um super computador conectado à internet e configurado para processar grandes quantidades de informações.

Vale destacar que as melhores hospedagens de sites são oferecidas por empresas especializadas. Tais empresas contam com servidores próprios ou alugados, máquinas com hardware e software especialmente configurados para a web.

Esses servidores estão localizados em estruturas físicas que recebem o nome de “data centers”, que nada mais são do que enormes conjuntos de servidores de hospedagem.

Domínio não é hospedagem

hospedagem de sites

Fonte

Ao criar o seu blog, você vai ouvir muito falar em domínio e também em hospedagem de sites. Esses recursos, tão importantes para o seu projeto online andam sempre de mãos dadas. Um depende do outro, mas não são a mesma coisa.

Clique aqui e saiba como otimizar os seus blog posts.

O domínio é o endereço do seu blog na internet. Uma comparação que ilustra bem esse conceito, é imaginar que a hospedagem de sites é o prédio onde o seu blog está hospedado, enquanto o domínio é o endereço.

Se você quer monetizar o seu blog, torná-lo profissional e com credibilidade, é fundamental contar com um domínio e um serviço de hospedagem profissional.

 

Conheça os diferentes tipos de hospedagem de sites

A hospedagem de sites é comercializada como um produto ou serviço por empresas especializadas.

O valor da hospedagem normalmente é cobrado por meio de parcelas mensais, trimestrais ou até mesmo anuais. E isso dependerá das suas necessidades e disponibilidade das empresas que ofertam os serviços.

No entanto, ao criar o seu blog, você vai ter que optar pelo tipo de hospedagem mais adequado.

Nesse caso, a melhor hospedagem vai depender muito do tipo do seu blog. Entre os tipos de hospedagem você vai encontrar as mais comuns, conforme mostraremos abaixo.

velocidade do site

Fonte

Hospedagem compartilhada

Esse é o tipo de hospedagem mais conhecido e mais utilizado por muitos blogs. Uma das razões para isso é o seu preço, que é bastante em conta especialmente para quem está no estágio inicial do seu projeto.

A hospedagem compartilhada se torna mais barata porque os gastos com o servidor são rateados entre você e outros clientes. Eis aí a razão para o nome compartilhada.

Porém, além do valor mais acessível é pertinente mencionar que os recursos de software e hardware também são divididos. E isso torna a hospedagem compartilhada mais limitada em termos de desempenho.

Portanto, para quem está dando os passos iniciais com um blog, ela é recomendada, contudo, assim que o número de visualizações e leitores aumentar, será mais vantajoso investir em uma hospedagem mais robusta.

Hospedagem dedicada

Há também a possibilidade de você ter um servidor para chamar de seu. Essa é a chamada hospedagem dedicada.

O benefício deste tipo de serviço é que todos os recursos de software e hardware são destinados unicamente para a sua aplicação e isso proporciona um melhor desempenho para o seu blog.

Essa hospedagem vai fazer você abrir mais a carteira, mas vale o investimento quando o seu blog já apresenta um tráfego elevado e necessita de mais recursos.

Além do mais, outros benefícios que a hospedagem dedicada traz é o fato de que outros usuários não poderão interferir no seu site. Ou seja, o servidor físico é de uso exclusivo seu.

Hospedagem WordPress

Hoje em dia há várias plataformas de criação de blogs. O WordPress é uma das mais utilizadas e lembradas pelos usuários, tanto pelos iniciantes quanto pelos mais experientes.

A razão disso é a versatilidade do WordPress que oferece seus templates variados e a vasta quantidade de plugins.

Trata-se de uma plataforma tão relevante que existe até uma hospedagem de sites ideal para quem a utiliza. É a hospedagem WordPress.

Ela consiste em uma derivação da hospedagem compartilhada, porém voltada para aqueles usuários que utilizam a aplicação WordPress em seus respectivos blogs.

Por ser um tipo de hospedagem concebido unicamente para a plataforma WordPress, todo o servidor dela é personalizado e otimizado para funcionar melhor no WordPress, com um desempenho turbinado, mais segurança e maior facilidade de instalação.

Com isso, é muito mais simples criar um site WordPress neste tipo de hospedagem, pois já vem com configurações pré-determinadas.

Além do mais, ela normalmente traz serviços a mais que não fazem parte da hospedagem compartilhada comum.

Hospedagem VPS

VPS vem do nome Virtual Private Server, que em português significa Servidor Virtual Privado.

De um modo geral, este tipo de hospedagem pode ser considerado como uma mistura, trazendo o melhor dos dois mundos entre a compartilhada e a hospedagem em servidor dedicado.

Para entender melhor, pense na seguinte situação: vários servidores virtuais são criados dentro de um servidor mais potente e dotado de mais recursos. Isso é possível por causa de uma tecnologia que recebe o nome de virtualização.

Nesse tipo de hospedagem, o projeto web é alocado em uma máquina virtual que é criada dentro de um servidor web. Até aí não vemos como isso pode ser diferente de uma hospedagem compartilhada.

Porém, na hospedagem compartilhada, os recursos do servidor são divididos entre os sites conforme eles são requisitados.

Desse modo, caso uma aplicação exija mais memória, a outra não terá um desempenho favorável.

Já na hospedagem VPS a situação não é bem assim, pois uma parte de recursos do servidor é dedicada unicamente para o site do cliente.

Por causa disso, é normal que a hospedagem VPS proporcione um desempenho superior quando comparada com a compartilhada.

No entanto, assim como na hospedagem dedicada, o usuário deve ter uma noção de como configurar o servidor.

Se ele não contar com esse tipo de conhecimento, é necessário contratar um serviço gerenciado ou plano de gerenciamento com o provedor de hospedagem.

No caso do seu blog, a hospedagem VPS pode trazer várias vantagens, especialmente se o seu blog já apresenta vários visitantes e elevados picos de tráfego.

Hospedagem Cloud

Dos vários recursos modernos que a tecnologia proporciona para nós, um dos mais conhecidos é o chamado Computação em Nuvem, também conhecida como Cloud Computing.

Se você usa alguma funcionalidade do Google Drive ou do Dropbox, por exemplo, então já sabe o quanto armazenar arquivos na nuvem é um método bastante rápido e prático.

Graças a ele qualquer texto, áudio, planilha ou vídeo pode ser acessado rapidamente.

Precisa otimizar suas imagens? Então clique aqui e confira 15 dicas.

Tudo isso sem precisar imprimir pilhas de papel ou ocupar espaços em HDs. Ou seja, a Computação em Nuvem é bastante prática e o melhor: tem relação com a hospedagem de sites.

A hospedagem Cloud é a prova disso. Neste tipo de serviço, vários servidores online funcionam de modo conectado, constituindo o que na linguagem técnica chamam de “cluster”.

Em resumo, com esse tipo de hospedagem o seu blog ficará hospedado de maneira distribuída em mais de um servidor.

Por exemplo, caso seja necessário, será possível contar com um servidor para banco de dados, outro para arquivos e um terceiro para e-mail.

Essa divisão não é notada pelo usuário e ela tem o intuito de otimizar recursos e viabilizar manutenções, bem como assegurar uma melhor disponibilidade para o seu blog.

Uma das grandes vantagens da hospedagem Cloud é a escalabilidade, ou seja, se o seu blog começar a denotar um crescimento, ela vai se adaptar a esse aumento de visualizações perfeitamente.

Outra grande vantagem da hospedagem cloud é a sua estabilidade, pois o funcionamento em cluster permite o funcionamento ininterrupto dos servidores. E se algum apresentar falha ou instabilidade, outro servidor entrará em cena para continuar o serviço.

 

5 dicas para escolher a melhor hospedagem para o seu blog

hospedagem de blog

Fonte

Agora que você já conhece quais são os tipos de hospedagem de sites, já tem alguns bons subsídios para optar pela que mais se adapta ao seu blog.

No entanto, além de conhecer bem as características de cada uma, é importante avaliar alguns recursos importantes que ela deve possuir.

A seguir elencamos alguns requisitos básicos que devem ser considerados na escolha da sua próxima hospedagem. Vamos ver?

Espaço de armazenamento

Do mesmo modo que ocorre em um computador pessoal, o servidor conta com um componente de armazenamento.

Nos serviços de hospedagem de sites, o espaço disponível irá estipular a quantidade e o tamanho dos arquivos que poderão ser armazenados. Isso vai influenciar no desempenho do seu blog.

Aqueles servidores que usam o HD convencional são mais lentos na consulta e gravação de dados. E isso afeta de modo negativo o desempenho do site.

A alternativa ideal nesse caso é optar pelo SSD. Esse dispositivo é nitidamente mais veloz que o HD e cada vez mais se torna requisitado nas melhores hospedagens de site.

Tráfego de dados

Sempre que alguém acessar o seu site, o navegador irá baixar os arquivos que serão fundamentais para a exibição da página.

Esse procedimento é chamado de tráfego de dados. O mesmo acontece quando o usuário acrescenta alguma informação no servidor. Um exemplo disso é quando ele efetua o preenchimento de formulários de contato.

Esse recurso de tráfego pode ser limitado pela hospedagem. Algumas empresas de hospedagem determinam, por exemplo, um número máximo de tráfego mensal. De uma forma geral ele fica na casa dos Gigabytes ou Terabytes.

Em outras situações, ele é limitado ao número de acessos simultâneos. Sendo assim, apenas um número reduzido de usuários poderá acessar o seu blog ao mesmo tempo.

Essa característica também vai depender do tipo de unidade de armazenamento, memória RAM e processador.

Se o seu projeto é um blog de grande porte, então fique atento para as limitações desse recurso. Com isso você tem condições de evitar problemas que podem prejudicar o desempenho do seu blog.

Uptime

O uptime nada mais é do que o tempo que um servidor permanece online sem interrupções. E isso faz toda diferença em um projeto web, seja ele um simples blog.

Já imaginou o quão ruim pode ser para a reputação do seu blog, se o mesmo vive caindo ou tendo problemas de queda? Se isso ocorre com frequência, então o problema pode estar na hospedagem de sites.

O ideal é optar por empresas que garantem pelo menos 99,9% de uptime. Isso convertido em horas, significa que o seu blog ficará ao menos 8h offline no decorrer de um ano.

Olhando assim, pode parecer muita coisa, mas raramente alguma empresa garante 100% de uptime, isso por questões técnicas, principalmente no que se refere à manutenção.

Suporte técnico

Esse é um grande fator que deve ser considerado na escolha de uma boa hospedagem de site. Já imaginou não ter o suporte adequado quando seu blog apresentar alguma falha?

Ou pior, esperar horas ou até mesmo dias para ter uma solução de um problema com o seu blog.

Isso porque estamos falando em blogs, que de forma geral são usados para fins de entretenimento e informações. Agora pense nisso em termos de negócios como um e-commerce, por exemplo.

E por falar em atendimento, veja aqui como oferecer a melhor experiência de atendimento ao cliente.

A questão do suporte deve ser algo imprescindível em qualquer serviço deweb hosting. Em geral, empresas de qualidade oferecem suporte 24/7 que nada mais é do que o atendimento 24h, 7 dias por semana.

Sendo assim, pesquise a fundo a reputação da empresa antes de contratar a sua hospedagem.

Um caminho bom pode ser os fóruns e sites como o Reclame Aqui que disponibilizam os principais problemas que os clientes enfrentam e mostram como as empresas se portam.

Latência de dados

Na área de redes de conexões, a latência significa o tempo que um pacote de dados leva para ir de um ponto a outro.

De forma bem simples, é como se todo esse trajeto fosse como um cano d’agua. A latência seria o tempo que essa água levaria para ir da empresa de saneamento até a sua casa ou empresa.

Por isso, quanto mais longe estiver essa empresa e mais longo for esse cano, mais tempo levará para a água chegar até o seu destino final. Essa é a mesma lógica do tráfego de dados.

Por isso, a localização do servidor (da empresa de hospedagem) é um dos vários fatores que contribuem para o desempenho do seu blog.

Sendo assim, prefira empresas que possuem data centers próprios aqui no Brasil, pois isso poderá fazer grande diferença.

Conclusão

Ter um blog bem sucedido depende de conteúdo, mas também de uma boa Experiência de Usuário. E a hospedagem de sites tem tudo a ver com esse atributo.

De nada adianta efetuar postagens diariamente, com conteúdos da mais alta qualidade, se de repente as suas páginas começam a carregar de forma lenta.

Isso afeta a Experiência de Usuário e o ranqueamento do seu blog no Google e em outros motores de buscas.

A hospedagem de sites nem sempre é um fator determinante para a lentidão das suas páginas. Muitas vezes o excesso de plugins e imagens de alta resolução são os motivos que travam o seu blog.

No entanto, em alguns casos a hospedagem de sites inadequada também pode ser um peso para o seu blog.

É por isso que saber a optar pela melhor pode ser o diferencial que você precisa para assegurar um bom desempenho para o seu projeto.

About Hostinger

A Hostinger é um grupo de prestígio internacional especializado em hospedagem de sites, presente em mais de 178 países desde 2004. Nossa missão é dar todo o suporte e estrutura, através do nosso portfólio de produtos e serviços, para que os nossos clientes alcancem o seu sucesso na internet.