Como atrair, converter e reter clientes com um funil de vendas

By Jivochat, Aug 20, 2019

Funil de vendas

No mercado digital, é crucial trabalhar com foco no cliente e atualizar suas estratégias de marketing de acordo com as novas tendências do ecommerce e diferentes demandas dos clientes. Só assim você consegue manter-se competitivo e realmente consegue atrair, converter e reter clientes em seu negócio.

Seja você dono de um ecommerce ou um empreendedor interessado em adentrar neste mercado, é importante entender exatamente como aplicar um funil de vendas em seu negócio digital e como aproveitá-lo ao máximo.

O que é um funil de vendas?

Funil de vendas
Fonte: Pixabay

Por definição, o funil de vendas é um modelo estratégico muito utilizado no marketing digital. Ele divide a jornada do cliente em diferentes etapas para otimizar sua visualização e auxiliar no processo de qualificação de leads em seu negócio, sendo empregado desde a descoberta do problema e suas soluções até o fechamento de uma venda.

Normalmente, o funil é dividido em três grandes etapas: o topo do funil (ToFu – Top of the Funnel), o meio do funil (MoFu – Middle of the Funnel) e o fundo do funil (BoFu – Bottom of the Funnel). Entretanto, existem diversos modelos de funil de vendas que aprofundam ainda mais cada uma destas etapas, objetivando detalhar ainda mais o processo de qualificação de seus leads.

Vamos falar um pouco sobre cada uma destas etapas e quais ações podem ser incorporadas para que você consiga atrair, converter e reter clientes em cada uma delas.

Topo do funil – Atrair

A utilização do funil como representação visual deste modelo estratégico não é acidental e, por isso, o topo do funil é mais abrangente e envolve estratégias que visam fazer com que o consumidor descubra seus problemas e saiba que existem soluções que, neste caso, são seus próprios serviços ou produtos.

Esta é a etapa de reconhecimento e, por isso, podemos identificar principalmente ações e campanhas para chamar atenção, impulsionar a visibilidade de sua marca e educar o mercado, como por exemplo:

  • Marketing de conteúdo (vídeos, blog, e-books, webinários, etc);
  • SEM (Search Engine Marketing, ou marketing para mecanismos de busca);
  • Campanhas no Google Ads, Facebook Ads e outras plataformas de anúncios pagos.

ecommerce
Fonte: Pixabay

Aqui, o objetivo é direcionar tráfego para a página de seu ecommerce, ou seja, aumentar o número de visitas através de campanhas de Inbound e Outbound Marketing. Considere produzir infográficos com ferramentas profissionais como a Venngage, publicar artigos, estudos de caso e pesquisas em seu blog e compartilhar nas redes sociais.

Crie conteúdo relevante e otimizado para os mecanismos de busca através de técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para gerar tráfego orgânico assim como tráfego pago vindo dos anúncios.

Meio do funil – Converter

Agora que você já trouxe visitantes à página do seu negócio, está na hora de fazer com que os clientes em potencial tenham assertividade de que suas ofertas realmente podem resolver todas as dores e atender suas necessidades. O objetivo principal no meio do funil é converter visitantes em leads.

Isso é feito através de diferentes ações que visam engajar o consumidor e claro, obter suas informações de contato para que possa ser cadastrado em sua base. Aqui, podemos identificar estratégias como:

    • Landing pages;
    • Formulários;
    • Newsletters;
    • Campanhas de remarketing no Google Ads;

E além destas ações, existe também uma convergência entre os setores de marketing e vendas, de forma que você também possa alavancar seus canais de atendimento para converter visitantes.

Fundo do funil – Reter

O BoFu é a etapa final do funil de vendas e envolve exatamente o fechamento, ou seja, a venda e retenção dos clientes. Inclusive, como já mencionado, ainda é possível estender as etapas do fundo do funil para abranger também suas estratégias de pós-venda, visando aumentar suas chances de fidelização.

fidelizacao marketing
Fonte: Pixabay

Aqui, o lead já teve contato e interagiu com suas propostas e precisa apenas de um “empurrãozinho” para tomar a decisão de compra. Esta etapa é realmente crítica e requer muita atenção, afinal, agora que o consumidor já sabe o que quer, ele certamente começará a comparar as diferentes propostas e ofertas entre seu negócio e os concorrentes no mesmo nicho.

Portanto, para aumentar suas chances de fechar vendas, é importante apresentar diferenciais para o consumidor, como trabalhar estratégias de cross-selling e upselling pelo chat online, apresentar programas de fidelidade, oferecer descontos especiais e atrativos referentes à logística de entrega e frete, entre outros.

Por que trabalhar com um funil de vendas?

Entendendo o funcionamento e objetivos do funil de vendas você provavelmente já consegue captar seus benefícios para o negócio, como as melhorias no processo de qualificação de leads, otimização do acompanhamento de visitantes desde o primeiro ponto de contato até a venda ou no pós-venda, etc.

Entretanto, estes não são os únicos motivos que levaram o funil de vendas a tornar-se um modelo estratégico amplamente utilizado no mercado digital.

Gera mais oportunidades de negócios

Através da implementação do funil de vendas em seu negócio, você poderá trabalhar o processo de nutrição de leads, que envolve alavancar seus canais de comunicação para abordar visitantes e clientes em potencial utilizando outras estratégias que saem do leque das ações de marketing digital.

 

canais marketing digital

Fonte: Pixabay

No ambiente digital, o chat online é o canal com o maior potencial de conversão, pois permite o monitoramento de visitantes enquanto navegam sua loja e, a partir disso, possibilita a abordagem através de convites proativos.

Diferente do telefone ou e-mail, o chat está disponível diretamente em sua página e ajuda a aumentar suas chances de conversão, especialmente considerando que, de acordo com uma pesquisa da Invesp, – empresa norte-americana que oferece soluções para as taxas de conversão – 42% dos consumidores preferem este meio de comunicação na hora de fornecer informações de contato.

O processo de nutrição de leads ajuda a gerar 50% mais leads qualificados para venda, de acordo com estatísticas apresentadas pela Marketo.

Ajuda a fidelizar clientes

A utilização do funil ajuda no processo de retenção e, na verdade, fidelizar clientes é mais barato que adquirir novos clientes e prospectar ativamente.

De acordo com o próprio Philip Kotler, consultor norte-americano considerado o “pai” ou “guru” do marketing, adquirir novos clientes custa em média 5 a 7 vezes mais que manter os que você já conquistou.

funil de vendas

Fonte: Pixabay

Afinal, o custo de aquisição é realmente alto, tendo em vista o investimento necessário para a prospecção, produção e divulgação de conteúdo capaz de engajar e atrair o público alvo. Neste sentido, a partir da qualificação de leads feita através do funil de vendas, você também poderá segmentar sua base e reforçar campanhas que visam reativar os clientes que já compraram.

Esteja pronto para atrair, converter e reter clientes

Aproveite estas dicas e não deixe de começar a utilizar um funil de vendas em seu próprio negócio digital para que possa otimizar seus processos e aumentar suas chances de conversão.

E claro, não deixe de investir também em outras soluções para reforçar sua estratégia de marketing e vendas, como é o caso de um chat online profissional. Para isso, confira como o JivoChat te ajuda a transformar visitantes em clientes através de abordagens proativas e a possibilidade de acompanhar leads através do funil diretamente de dentro da página!