10 formatos para expandir sua estratégia de conteúdo visual

By Netshow.me, Jun 03, 2019

formatos conteudo visual

Todos os dias, nosso cérebro processa incontáveis imagens. Sejam elas reais, digitais ou impressas, estão por todos os lados e são parte integrante da nossa compreensão de mundo. E se entendemos o mundo por imagens, faz todo o sentido que as utilizemos em nossa comunicação. Por isso, uma estratégia que cresce cada vez mais no marketing digital é a de conteúdo visual.

O nome deste conceito diz tudo sobre seu significado. São os conteúdos relacionados a imagens, em que conseguimos bater o olho e compreender a informação transmitida. Isso não significa que o conteúdo visual não possa ter texto ou áudio, pelo contrário. Mas ele é composto prioritariamente por imagens.

Fotos, infográficos e vídeos são os formatos mais conhecidos e utilizados pelas empresas. Mas existe uma grande variedade de formatos para você explorar e ampliar sua estratégia. Vamos entender mais sobre este conceito e conhecer as principais opções?

Por que utilizar conteúdo visual

Um dos principais motivos para utilizar conteúdo visual é para diversificar sua estratégia de conteúdo. Cada pessoa tem suas próprias preferências e hábitos em relação a como prefere se informar. Se você quer expandir sua audiência, aposte em formatos variados para que sua mensagem seja levada com mais eficiência a todo o público.

visual content Fonte

Mas não é só isso. O conteúdo visual traz mais dinâmica para os textos e quebra os momentos de cansaço antes de continuar para os parágrafos seguintes. Imagens despertam emoções e ajudam a ilustrar conceitos de uma forma mais clara, especialmente em conteúdos mais técnicos ou densos. Além disso, elas podem ser compreendidas de uma maneira mais universal que textos e áudios, já que não dependem de idiomas.

Segundo o biólogo e pesquisador norte-americano John Medina, as imagens são mais fáceis de recordar do que textos e áudios. Quando escutamos uma informação, lembramos de 10% dela após três dias. Quando há uma imagem relacionada, essa porcentagem aumenta para 65%.

O conteúdo visual também causa um grande impacto na primeira impressão que as pessoas têm de um site, de acordo com um estudo da Universidade de Ciência e Tecnologia do Missouri. Imagens inadequadas podem gerar uma reação negativa dos usuários.

Conteúdo visual em alta no marketing digital

Além de todos os benefícios que o conteúdo visual traz para a comunicação, é uma estratégia que está sendo cada vez mais adotada por profissionais de marketing digital.

Uma pesquisa da Venngage apontou um aumento de 56,3% no número de profissionais que utilizam elementos visuais em mais de 91% de seus conteúdos entre 2016 e 2018. Já uma pesquisa do Content Marketing Institute voltada para o mercado B2C mostra que 55% dos profissionais de marketing entrevistados incluíram a criação de conteúdo visual entre suas prioridades.

Conteudo visual infografico
Fonte

As estatísticas de audiência também são um grande indicador do sucesso dessa estratégia. Conteúdos com elementos visuais têm 94% a mais de visualizações do que somente textos (Pew Research Center). Nas redes sociais, tuítes com imagem e sumário têm 78% a mais de chance de serem compartilhados; e posts no Facebook com imagens recebem 70% mais compartilhamentos (BuzzSumo).

Depois de tantos números, não tem como negar a importância de investir em conteúdo visual. Conheça agora os principais formatos que você pode explorar para criar sua estratégia!

1- Fotos

Este é um dos elementos visuais mais utilizados, e não só no marketing digital. Afinal, constantemente estamos tirando fotos e publicando para nossos amigos nas redes sociais. A fotografia está amplamente presente em nossas vidas, e por isso é um elemento tão relacionável com o público.

Também é o formato mais fácil de ser produzido. Você pode pegar o seu celular e fazer algumas imagens, organizar um ensaio profissional ou buscar opções gratuitas e pagas na internet. Lembre-se sempre de escolher opções que tenham relação com o conteúdo e que ajudem a reforçar ou transmitir por completo uma informação.

2- Infográficos

Os infográficos são a solução perfeita para apresentar dados, resultados de pesquisa, comparativos, análises e até storytelling. Com uma combinação de muitas imagens e poucos textos, ele gera atenção para os dados mais relevantes de uma maneira fácil de entender.

infografico exemplo

 

O visual do infográfico é muito importante para transmitir as informações. Ele precisa ser bonito, atrativo e, ao mesmo tempo, claro e compreensível. Por isso, vale investir em um bom designer ou utilizar ferramentas online que possuem templates prontos para ajudá-lo a organizar os elementos.

3- Vídeos

Se a sua empresa ainda não investe em vídeos online, está na hora de repensar sua estratégia. É um dos formatos de mídia que mais crescem em todo o mundo. Um estudo da empresa Cisco estima que o vídeo online representará 82% do tráfego global da internet até 2021.

Seja por meio do YouTube, vídeos nas redes sociais, Stories no Instagram, transmissões ao vivo ou qualquer outro modelo de distribuição, não deixe de apostar neste formato que é amplamente consumido pelo público. Sua empresa pode até criar sua própria plataforma de vídeos online, estilo Netflix.

4- Ilustrações

Ilustrações simples, como desenhos e grafismos, também são uma boa opção, especialmente para redes sociais. É um elemento chamativo e de rápido consumo.

As ilustrações podem ser usadas tanto para chamar atenção para algo (como um evento ou lançamento) quanto para exemplificar informações de um conteúdo.

5- GIFs

Os GIFs não necessariamente precisam ser engraçados como os que vemos nas redes sociais. Porém, como são comumente associados ao humor, muitas empresas torcem o nariz para este formato.

Se o perfil da sua empresa se adequar, é uma boa oportunidade de se mostrar por dentro das tendências e atrair a atenção do público com leveza e bom humor.

via GIPHY

6- Memes

Assim como os GIFs, não é um formato ideal para todas as empresas e deve ser usado com moderação. Mas funciona muito bem quando usado de forma criativa e coerente com a mensagem que se quer passar.

Que tal utilizar memes para posts de redes sociais ou para trazer mais descontração em seus textos? É uma maneira de se comunicar com o seu público usando uma linguagem que ele está acostumado a ver no dia a dia.

memeFonte

 

7- Capturas de tela

Este é um recurso ótimo para tutoriais. Não há maneira melhor de explicar como funciona um software ou como realizar uma ação em um site do que apresentar o passo a passo na prática. Ao ver as capturas de tela, seja por imagens ou vídeos, as pessoas conseguem se guiar melhor e resolver as suas dúvidas.

8- Gráficos e diagramas

Gráficos e diagramas funcionam muito bem para ilustrar dados e informações técnicas.

diagrama exemplo

 

Eles podem ser inseridos em um infográfico, mas também podem ser utilizados sozinhos. No caso de conteúdos online, busque criar um gráfico ou diagrama com um design atrativo, para se diferenciar dos gráficos de Excel e não parecer um relatório da empresa.

9- Quadrinhos e charges

Muito utilizados na mídia impressa, os quadrinhos e charges também podem ser aplicados ao conteúdo online. São formatos divertidos, criativos e que podem explorar ao máximo o conceito de storytelling.

Para isso, não basta um designer bom de ilustração, é preciso um profissional que entenda do assunto. É um investimento que pode valer a pena, mesmo que em uma ação temporária.

10- Slides

Sabe aquelas apresentações criativas que sua empresa faz para apresentar um produto, conceito, case de sucesso, entre outros? Também são conteúdos visuais.

Muitas empresas utilizam ferramentas como o SlideShare para compartilhar suas apresentações com o público, inclusive disponibilizando-as para download. Mas é preciso lembrar da máxima do conteúdo visual: as imagens são a estrela dos slides, e não textos ou tópicos enormes.

Dicas para aprimorar seu conteúdo visual

Pronto para planejar sua estratégia de conteúdo visual? Vamos dar algumas dicas para você arrasar!

conteudo visual video
Fonte

  • Preste atenção na qualidade das imagens e vídeos. Materiais de baixa qualidade causam uma má impressão e podem até atrapalhar o entendimento da informação.
  • O tamanho também é importante. Tenha em mente onde esse conteúdo será publicado e elabore-o no formato mais adequado para este meio. Senão, corre o risco de ficar distorcido ou em um tamanho muito grande ou pequeno, o que acaba atrapalhando sua visibilidade.
  • No caso de infográficos, slides, legendas de vídeos e outros formatos que envolvem textos, tome o cuidado de deixar as fontes em cores e tamanhos visíveis e que não prejudiquem a leitura.
  • Lembre-se sempre que todo conteúdo precisa ser pensado também para ser visto em smartphones. Faça testes para conferir se o conteúdo pode ser bem visualizado de qualquer dispositivo.
  • Não use conteúdos de terceiros sem autorização. A questão dos direitos autorais é muito importante e pode render processo. Opte por conteúdos próprios ou de bancos de imagens pagos ou gratuitos.
  • A padronização dos conteúdos visuais, em qualquer formato, ajuda a reforçar a visibilidade de sua marca. Isso pode ser feito por meio de cores, fontes, logos e outros elementos de sua identidade visual.
  • Ao publicar imagens e vídeos, utilize técnicas de SEO sempre que puder. Títulos, palavras-chave e textos alternativos ajudam no ranqueamento das imagens no Google e no YouTube.

Este post foi escrito pela equipe do Netshow.me, empresa especializada em soluções profissionais para vídeos online e transmissões ao vivo. Acesse o site e saiba mais!

About Netshow.me

O Netshow.me é uma empresa especializada em soluções profissionais para vídeos online e transmissão ao vivo. Nossa missão é ajudar empresas e organizações a transformarem vídeos em valor de negócio.